11 de abril de 2011

Resenha: Comer, Rezar, Amar - Elizabeth Gilbert

Editora: Objetiva

Liz Gilbert está passando por momentos difíceis, um divórcio, coração partido e muito mais. Ela resolve se aventurar em uma viajem de um ano divida em quatro meses na Itália, aprendendo a arte do prazer e a prática da língua adorada por ela, italiano. Na Índia, a arte da devoção, enquanto viveu por quatro meses em um ashram praticando meditação e seu encontro com Deus. E por fim, a arte do equilíbrio em Bali, aonde também achou o amor.





Eu já havia assistido ao filme antes, e assim como o filme, achei o livro lento. Muitas repetições que apesar de entender o motivo, desnecessárias. O livro poderia ter a metade do tamanho e ainda com o mesmo conteúdo. Mas o motivo que eu entendi pelos quais tantas repetições de ideias são postas, é que ela estava confusa, e aquilo era algo que ela pensava constantemente, então entendo o motivo de tudo isso. Ainda mais, porque é um livro de memórias, então quando escrevemos sobre algo que a aconteceu com a gente, podemos detalhar tanto, que fica muito dificil editar. 


"Você tem de ser muito gentil com você mesma quando estiver aprendendo alguma coisa nova."


Contudo, há muitas partes que fazem o leitor realmente refletir e pensar sobre sua vida e suas decisões. Quando, ao invés de sofrer podemos tirar um tempinho para nós mesmos e aprender a nos amarmos. Liz enfrenta dilemas normais da sociedade, todavia, arrumou uma solução diferente. Apesar de algumas partes serem demoradas para ler, outras correm rápido. Recomendo o livro para todos, mesmos aqueles que estejam em perfeita harmonia com a vida e também para aqueles que ainda pretendem achá-la.

3 comentários:

  1. Concordo com tudo que você disse, pensei a mesma coisa durante a leitura!! Liz é uma mulher que nos faz refletir sobre muitas coisas, e adorei o brasileiro que ela encontra :D
    Também dei três estrelinhas. Quero ler Comprometida, se você ja leu me diz o que achou ;)

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Comprometida é bem mais objetivo, não tem tantas enrolãções e podemos aprender bastante sobre a história do casamento e quando toda essa fama começou. Eu devo postar a resenha dele ainda esse mês

    ResponderExcluir
  3. Eu li o livro e vi o filme tbém..rs Mas primeiro li.
    Adorei a saga da Liz, sua incansavel busca..Creio que todos nós passemos por isso né?
    Tbém tive essa sensação, de que o livro se estendia, pq era de fato, como ela pensava, o que ela sentia...e nós mesmos somos assim né, flor?
    Resenha impecável...aliás, pelo q estou percebendo, todas são assim..rs

    Abraços

    ResponderExcluir