9 de julho de 2011

Book Blogger Hop #11: Preços

Meme do blog Murphy's Library onde cada semana tem uma pergunta diferente e diversos blogs literários respondem.

A pergunta dessa semana é:

Qual o preço máximo que você pagaria num livro?


Eu preciso concordar dizendo que sou meio chata quando o assunto é o preço. Eu tento nunca pagar mais do que R$30,00. Acho que os livros aqui no Brasil têm preços muito elevados. Eu adoro navegar em sites de livrarias do exterior e fica pasma com os preços de lá, muito menores. Naquela minha pesquisa de "Por que as pessoas não leem mais?" um dos motivos que eu recebi foi o preço, e eu devo concordar que muitas vezes eu não compro livros que quero devido a isso. Mas, caso o livro seja muito desejado eu acabo pagando um pouquinho mais para tê-lo, como fiz em Especiais (resenha semana que vem). Talvez as editoras precisem repensar o preço de alguns livros, talvez assim os leitores aumentem ainda mais suas estantes. Contudo, tem livros com preços acessíveis, como o Anna e o Beijo Francês que comprei por 20,00 reais uns dias atrás. Os livros de bolso da L&PM também são bem em conta. Eu comecei a comprar livros em inglês aqui no Brasil por esse motivo, são muito mais baratos que a cópia traduzida.


Bom, essa foi a minha resposta! E vocês, qual é o máximo que pagariam por um livro?

Gabi

6 comentários:

  1. De fato, os livros IMPORTADOS em ingles acabam sendo BEM mais baratos do que os traduzidos - claro, temos sim que reconhecer o trabalho que a editora teve para traduzir, comprar os direitos de publicação (isso existe nė? Haha), logo, minha escolha numero 1 são os livros em ingles, tanto que agora desisti de vez de comprã-los em pt, vale mais encomendar e esperar, sinceramente.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com você!! Acho que tem uns 50 livros que estou louca para comprar e estão o olho da cara nas livrarias, então, acabo não comprando.. :S
    Na maior parte do tempo, eu os leio em ebook, e sempre coloco na lista de "comprar quando o preço baixar".. rsrs Por isso, acabo comprando mais pela internet ou quando tem promoção nas livrarias.. rsrs Acho que as lojas daqui deveriam ter mais consciência sobre os preços, a diferença entre aqui e lá fora é muito grande...

    Beijos
    anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu sou que nem você... É muito difícil (quase impossível hahaha) eu pagar mais que R$30,00 num livro. Uma dica que eu te dou é ficar entrando todo dia em sites tipo americanas e submarino que fazem promoções relâmpagos. (um exemplo foi semana passada q o submarinho colocou o último dvd do harry potter e mais o livro dele por 4,90.... e pior eu perdi a promoçao hahaha fui saber essa semana só)....
    Mas sempre tô olhando agora... ^^

    Beijossssssss
    http://lyluciana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. realmente, pagar mais que 30 em um livro doi, já comprei, mas tem que ser O LIVRO.... acho que o valor alto é um dos motivos para se ter poucos leitores no brasil

    ResponderExcluir
  5. Eu também não gosto de pagar mais de R$:30,00 num livro, só compro se estiver muito a fim de ler o livro mesmo, como eu ainda não sou fluente em inglês não adianta comprar que só Deus sabe quando é que vou poder ler sem ficar o tempo todo de olho no dicionário (sim eu já comprei em inglês, mas não deu muito certo) mas assim como disse a Monique acima, tem todo o trabalho que a editora teve etc. mas também não deixo de pensar que se o governo apoiasse mais a leitura os livros poderiam ser mais baratos. E como eu sou cheia de "frescuras" não gosto de ler em Formato de Bolso, eu comprei Melancia e Férias da Marian Keyes, e acabei me arrependendo, no fim acabei comprando no formato original, ou seja, não dá certo T_T

    PS: Fiz a resenha de Lonely Herts Club, se quiser dá uma conferida: http://lopesrafaela.blogspot.com/2011/07/resenha-lonely-hearts-club.html

    ResponderExcluir
  6. Olha, se o livro for bom eu pago, e pago caro. Aco que tudo depende da qualidade, tem obras que valem muito a pena. Tipo, A viajante do tempo, da Diana Gabaldon, eu paguei quase R$ 90,00 e pagaria de novo, porque ele vale. Mas com certeza concordo com você sobre as editoras, que cobram muito caro dos livros traduzidos para cá! A Novo Século é uma das únicas que ainda se salva, porque tem bons lançamentos com preços mais baixos (como Anna e o beijo francês, que você falou). É um assunto bem polêmico esse, e que deveria ser mais discutido no universo literário...

    Beijos
    Adriana - Mundo da Leitura

    ResponderExcluir