7 de julho de 2011

E os vagalumes...

E os vagalumes? #11
Coluna semanal do blog.


Eu achei esse texto em inglês na internet, e eu não achei quem escreveu (bato palmas para essa pessoa) e como fala sobre livros e meninas que leem, achei interessante postar aqui. Semana que vem eu volto com um texto meu, hoje não estou no espírito de postar algo assim.

Namore uma menina que lê

Namore uma menina que lê. Namore uma menina que gasta seu dinheiro em livros em vez de gastar em roupas. Ela tem problemas com seu armário porque tem livros demais. Namore uma menina que tem uma lista de livros que ela quer ler, e que tem um cartão da livraria desde que tinha doze anos.
Encontre uma menina que lê, você saberá que é ela porque ela sempre terá um livro não lido na bolsa. Ela é aquela olhando apaixonadamente as prateleiras de uma livraria, é aquela que vibra silenciosamente quando acha o livro que ela quer.  Você viu uma menina estranha cheirando os livros velhos em uma loja de usados? Aquela é a leitora. Elas nunca conseguem resistir a cheirar as páginas, especialmente quando são amarelas.
Ela é a menina lendo enquanto espera por seu café na cafeteria da esquina. Se você conseguir chegar mais perto, verá que seu café já está frio. Ela está perdida no mundo que o autor está descrevendo. Sente-se. Ela pode lhe dar uma olhada, maioria das meninas que leem não gostam de ser interrompidas. Pergunte a ela se gosta do livro.
Compre outro café para ela.
Deixe ela lhe contar o que acha de Murakami. Veja se ela passou do primeiro capítulo de Fellowship. Entenda que se ela disser que entendeu Joyce’s Ulysses, ela só está dizendo isso para soar inteligente. Pergunte a ela se ela ama Alice ou deseja ser Alice.
É fácil namorar uma menina que lê. Dê a ela livros de aniversário, natal e datas especiais. Dê a ela presente de palavras, em poesia e músicas. Dê a ela Neruda, Pound Sexton, Cummings. Faça-a saber, que você entende que palavras são sinônimos de amor. Entenda que ela sabe a diferente entre livros e realidade, mas ela tentará faze sua vida parecida com seu livro favorito. Nunca será sua culpa se ela fizer isso.
Ela tem que dar-lhe um tiro de alguma forma.
Minta para ela, se ela entende sintaxe, ela irá entender porque você precisa mentir. Atrás das palavras há outras coisas: motivação, valor, nuances, diálogos. Não será o fim do mundo.
Falhe com ela. Porque uma menina que lê sabe que o fracasso sempre é seguido pelo clímax. Porque meninas que entendem que todas as coisas tem um final. Que você sempre pode escrever uma sequência. Que você pode começar de novo e de novo, e ainda assim, ser um herói. Que na vida, é preciso ter um vilão ou dois.
Por que ficar com medo de tudo que você não é? Meninas que leem entendem que pessoas são como personagens, crescem. Menos na série Crepúsculo.
Se encontrar uma menina que lê, mantenha-a por perto. Quando acha-la às duas da manhã segurando um livro no colo e chorando, faça um copo de café para ela. Você pode perdê-la por umas horas, mas ela sempre voltará para você. Ela falará como se os personagens do livro são reais, porque por um momento, eles são.
Você irá ficar de joelhos em um balão de ar quente no céu. Ou durante um show de rock. Ou casualmente na próxima vez que ela ficar doente, via Skype.
Você irá sorrir tão forte que irá se perguntar por que seu coração ainda não pulou para fora do peito ainda. Você irá escrever a história da sua vida, terão filhos com nomes estranhos e com gostos estranhos. Ela irá apresentar a eles o Gato de Chapéu e Aslan, talvez até mesmo no mesmo dia. Vocês caminharam durante o inverno enquanto jovens e ela recitará Keats enquanto respira e você tirará a neve de suas botas.
Namore uma menina que lê porque você merece. Você merece uma menina que possa te dar a mais colorida imaginação. Se você só pode lhe dar monotonia, e ficar com promessas pela metade, então é melhor você ficar sozinho. Se você quer muito mais que o mundo e os mundos, namore uma menina que lê.
Ou melhor, ainda, namore uma menina que escreve.
Comentário
Bom, ah, como começar? Meninas que leem são demais certo? hahha. Acho que qualquer pessoa que tenha como leitura seu hobby é mais fácil de conversar e de se dar bem. Ainda mais se forem dois leitores, um apoia o outro sempre! Acho que o texto retrata exatamente o que eu sinto, ontem eu postei algumas frases e hoje o texto e como é um blog pessoal, cabe a mim fazer isso. Nunca quis que fosse um blog apenas de resenhas, e postando textos/frases ou até mesmo textos meus, vocês podem me conhecer um pouco mais. Gostaram do texto? É ou não é a mais pura verdade?
Gabi

8 comentários:

  1. Eu adorei o texto Gabi,
    amei a piadinha com crepúsculo.
    Parabéns por ter mostrado esse texto, eu realmente amei.

    Beijos,
    Mah | Livro e Coração

    ResponderExcluir
  2. Você está me tirando? É 1 dos texto mais lindo que eu já li. Meu Deus, preciso colocar isso no mural do meu colégio e com uma lista de telefones e E-mails das moças que leem. Pelo amor de Deus, meninos, leiam esse texto. Salvei ele agora, vou imprimir e, quem sabe, ele não acabe no bolso do casaco de 1 garoto um dia, acidentalmente... Perfeito, o melhor "E os vagalumes". Ameiiiiiiiiiiiiiiiiii @_@

    ResponderExcluir
  3. Gabi, eu rebloguei esse texto quando apareceu lá pelo meu tumblr. Eu o achei super legal, e todo mundo deveria acha também kkk, pena que muita gente ainda tem preconceito com quem faz da leitura um hobby, achando que só nerd que lê. Opinião totalmente equivocada, não é verdade?
    kkkk

    bjs
    Carol
    www.openpage.com.br

    ResponderExcluir
  4. Adorei a tua ideia Monique!!!!! Sério, ia ser demais hahaha

    Gabi

    ResponderExcluir
  5. OMG, fala sério que texto lindo.... vou guardar ele pro resto da vida. vou transcrever em um papel de cartas e guardar na cx de lembranças......rsrs
    vou por no orkut e no face agooraaaa

    ResponderExcluir
  6. Oi amada...
    Amei esse texto, é a mais pura verdade.
    Bjoks.

    http://baby-buch.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu AMEEEEEEEI *-* esse texto é muito perfeito Gabi, tanto que eu postei no meu blog ;)

    Acho que todo mundo deveria ler, não é?!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Adorei!!! E é mesmo tudo verdade, cheirar as folhas... exatamente tudo que acontece comigo, adoraria encontrar um carinha que fizesse um café pra mim as duas da manhã (ou chocolate quente) sempre que isso acontece comigo, eu fico meio deprê...

    Esse texto com certeza vai pra caixinha de "reliquias da Rafa"
    Gabi posso reblogar???

    ResponderExcluir