3 de agosto de 2011

Resenha: Antes que eu vá - Lauren Oliver

Editora: Intrínseca
E se só tivéssemos um dia para viver?
Para começar, encontro essa frase na capa do meu livro. E se? O que eu faria? Depois de pensar muito, ainda não encontrei uma resposta. A verdade, é que nós não sabemos quando será, mas mesmo assim, ficamos pensando o que faríamos.
Sam é uma menina popular, junto com as suas amigas ela faz o que bem entende com sua vida e só quer saber de se divertir. Até que um dia, a após uma festa e um acidente de carro, Sam morre. Até ai tudo "bem" certo? É, ela pensava assim também. Mas ela continua a reviver o dia da sua morte várias vezes.
O livro é muito bem escrito, é o segundo que eu leio da Lauren Oliver e não me decepcionei. Ela conseguiu criar dois livros muito diferentes, com personagens muito diferentes, mas ambos são ótimos. Leia a resenha de Delirium aqui.
A narrativa é divertida, sincera e emocionante. Os personagens são muito bem criados e desenvolvidos. Todos com suas qualidades e defeitos. Erros e acertos. Podemos ver com uma simples escolha, pode mudar tanto nossa vida. Conseguimos ver os dois lados da Sam, e vemos ela crescer e mudar bastante. O livro fala bastante sobre segundas chances, e como elas existem e como nós precisamos aproveitá-las. E mesmo que não tenhamos uma segunda chance como a da Sam - ou tercerias, quartas... - na nossa vida, elas existem em menor escala, mas existem sim.
Fala também sobre como nossas ações tem uma consequência, e talvez essa consequência seja na vida dos outros. Um assunto muito atual que aparece no livro é o bullying, toda essa implicancia que parece inofensiva, só parece inofensiva para quem faz, não é nada legal quem é toda hora "atacado" e isso e seus resultados aparecem. Ninguém sai ileso disso, ninguém.
Eu simplesmente não conseguia largar o livro até chegar no final, quem me deixou com lágrimas nos olhos.
Adorei a atitude dela na pag. 317. Leiam e vão entender o que eu estou dizendo. Talvez na versão de vocês seja em uma página diferente, mas de qualquer jeito... Eu adorei o que ela faz.
Eu não tenho nada a reclamar, a capa é linda, a história é linda e eu recomendo muito!
 5/5
 E vocês, o que fariam se só tivessem um dia para viver?

5 comentários:

  1. Oii Gabi. Adorei a resenha, parabéns.
    Estou louca por esse livro, amei a capa. ♥
    É realmente complicado imaginar o que faria em meu ultimo dia, há tantas coisas a serem feitas e como resumir isso tudo em apenas um dia?

    Beijos,
    Mah | Livro e Coração

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei curiosa para ler desde que vi a resenha da Iris (Literamente Falando), principalmente porque fala de bullying, eu já fui vitima quando criança, então acho que seria interessante ver isso de outra forma...

    PS: Eu não sei se te avisei, mas eu mudei o endereço do blog, que antes era o meu nome Rafaela Lopes para Girl Cliche, e já tem postnovo lá: http://girlcliche.blogspot.com/2011/07/animacao-1-mary-e-max-uma-amizade.html

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi! Aim meu Deus, masi uma resenha elogiando este livro e a minha necessidade dele fica cada vez mais insuportável. PRECISO LER ESTA OBRA URGENTEMENTE!!! Se Delirium tivesse sido publicado por aqui já, com certeza estaria mais ansiada ainda! Amanhã vou no evento deste livro e quem sabe não saio com meu exemplar de lá :D

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu vou tentar ir no evento! Matemática e Física estão me impedindo um pouco, mas quem sabe não consegue lá mesmo!! Vale muito a pena!!

    Gabi

    ResponderExcluir
  5. Nossa, eu estou lendo esse livro...
    Adorei a sua resenha, realmente, o livro tem diversos assuntos. É um livro que muita gente deveria ler. É uma lição de vida. Aproveite a vida, pois nunca se sabe quando será o seu último dia de vida. E reflita bem antes de fazer algo. Pode não afetar você, mas pode trazer consequências para as pessoas ao seu redor.

    Esse livro vale a pena!

    ResponderExcluir