20 de outubro de 2011

E os vagalumes #26

E os vagalumes será diferente hoje! Ao invés de trazer um texto, vou trazer uma música! Acho que as músicas são tão significativas quanto texto, porque são textos na verdade. Têm muitas músicas que são estilo “tapa na cara”, dizem tudo que a pessoa precisa ouvir e deixa o ouvinte pensando: Essa música foi feita para mim. Então, eu vou revezando músicas e textos. Eu tenho uma lista enorme de músicas que dizem tudo e mais um pouco.
A primeira música será... “Say” do John Mayer. Eu sou viciada em John Mayer, isso é um fato. E essa música diz tudo o que eu preciso ouvir.

Take all of your wasted honor             Pegue toda sua honra desperdiçada
Every little past frustration                 Todas as pequenas frustrações passadas
Take all of your so called problemas   Pegue todos os seus “chamados” problemas
Better put’em in quotations                 Melhor colocá-los entre aspas

É aquela coisa de deixar o orgulho de lado, e colocar nossos problemas em quotes. Acho que a primeira frase é a mais significativa já que muitas vezes deixamos o orgulho atrapalhando e deixamos de fazer o que deveríamos fazer, ou o que queremos fazer.

Say what you need to say                 Diga o que você precisa dizer

Aposto que se fossemos fazer uma lista de tudo que precisamos dizer para diversas pessoas, seria bem grande. Pelo menos a minha seria gigante. E provavelmente não chegaremos a dizer tudo isso, por diversos motivos. E essa parte diz, que devemos dizer o que precisamos dizer.

Walkin’ like a one man army      Caminhando como um exército de um homem só
Fightin’ with the shadows in your head     Lutando contra as sombras em sua mente
Livin’ up the same old moment        Vivendo o mesmo velho momento
Knowin’ you’d be better off instead     Sabendo que você estaria em melhores condições   
                                                                                                       .. se quissesse                                    

Vivendo o mesmo velho momento. Eu leio como – revivendo todos aqueles momentos que ainda não conseguimos nos “despedir” de fato. E estaríamos em melhores condições se esclarecêssemos alguns assuntos, e para isso precisaríamos falar o que precisamos falar.

Have no fear for givin’ in                           Não tenha medo de continuar
Have no fear for giving over                     Não tenha medo de desistir
You better know that in the end               Seria melhor você saber que no final
It’s better to say too much                         É melhor falar demais
Than never to say what you need to say again    Do que nunca falar o que você precisa
                                                                                                             dizer de novo.

Não podemos ter medo de continuar, de continuar a tentar. Muito menos de desistir caso o assunto já seja muito passado e só te faça mal. Falei sobre isso no blog. E a última frase é um tapa na cara para mim, que é totalmente verdade. É melhor às vezes, falar demais do que nunca falar o que era preciso. É melhor esclarecer um assunto, por mais difícil que seja, do que ficar com aquela dúvida dentro de si, por medo de falar.
               
Even if your hands are shaking        Mesmo que suas mãos estejam tremendo
And your faith is broken                   E sua fé esteja perdida
Even as the eyes are closin’              Mesmo que seus olhos estiverem se fechando
Do it with a heart wide open             Faça isso com o coração aberto

Mesmo se estiver com medo/vergonha, mesmo que já saiba que não tem mais volta, que não tem mais como as coisas serem como eram antes. Diga, e fale com o coração. Porque a vida pode acabar te surpreendendo. Nunca se sabe, é melhor saber a verdade de uma vez do que sofrer com a dúvida.

E chegamos ao final da música, ou melhor, das estrofes por a música repete bastante o “say what you need to say”, relembrando a pessoa que é para ela dizer o que precisa dizer. Espero que tenham gostado desse post, eu já estou preparando outros com outras músicas... Se quiserem uma “dica” de qual será o próximo cantor, na parte Sobre Mim do blog, ali na lateral, tem umas pistas. Acho já que músicas contêm palavras, e eu sou fascinada por palavras, elas merecem um lugar no blog.

Já tinham ouvido essa música? O que acharam?

Gabi

3 comentários:

  1. Bem bonita a letra da música mesmo ^^ De fato, da para perceber que se encaixa certinho com o momento em que você está passando. De fato, as músicas falam com a gente - mais um motivo para notarmos que nunca estamos sozinhos!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal a letra da musica, vc deve esta passando esse momento ne???

    Philip Rangel- Entrando numa Fria

    ResponderExcluir
  3. Ni: Se encaixa perfeitamente! É, tem umas que falam demais.

    Philip: Estou sim!! Tudo nessa coluna é sobre minha vida mesmo haha.

    Gabi

    ResponderExcluir