10 de outubro de 2011

Resenha: Assombrado - Meg Cabot

Quinto e penúltimo livro da série, A Mediadora da Meg Cabot. Essa é a minha capa preferida, é muito linda e o contraste do rosa no preto ficou maravilhoso. Esse também é o livro mais curto, e serve como uma “ponte” para o último.
Depois de passar as férias trabalhando em um hotel como babá, Suzannah pensa que se livrou de Paul, o irmão mais velho de Jack – mediador de oito anos que ela cuidava. Mas, ela estava enganada. No seu primeiro dia de volta as aulas, Suze descobre que Paul é o mais novo aluno das Missões. E ele não tenta ser discreto ao tentar conquistar o coração confuso de Suze.
E seu coração anda assim, porque Jesse simplesmente parece não se importar com ela. Suzannah começa a conhecer mais sobre ser uma mediadora, e parece que Paul tem várias respostas que ela precisa, mas também vários segredos.
Eu vejo esse livro como uma ponte, porque conhecemos mais sobre Paul e sobre o que realmente Suze pode fazer sendo uma mediadora. E isso tudo será mais explorado no sexto livro.
Enfim, pela primeira vez, Suzannah vê que algum menino gosta dela. E não é um menino qualquer, é o Paul Slater. Mas, seu coração já pertence a outro: Jesse, o fantasma que mora no seu quarto. Depois do que acontece no final do quarto livro, Jesse começa com um comportamento diferente, mais longe e distante dela, fazendo Suzannah pensar que ele não gosta dela. Porém, ainda rende muitos suspiros.
Paul também não fica muito para trás com seu charme, esse é um dos triângulos amorosos que eu gosto. E é difícil eu não me irritar com um triângulo amoroso, então, com outras palavras, a Meg fez um bom trabalho. Mas todo esse charme de Paul não parece agradar Jesse... Humm... Será que há ciúmes no ar?
A minha cena favorita é na página 143, quando a Suzannah está voltando da casa do Paul e machuca seus pés porque estava usando um sapato novo sem amaciar e, ao caminhar pela calçada quente ela consegue queimar a sola dos pés também. E quando ela chega em casa, recebe os cuidados de um certo fantasma... A cena é muito fofa.
Outra que eu gosto é quando Jesse e Paul realmente se desentendem e não se contentam apenas no diálogo...
A minha frustração na leitura foi que eu achei que a Meg podia ter desenrolado mais o relacionamento da Suzannah com o Paul - sim, eu gosto de intrigas e de complicar tudo.
          -Você é um pirata? – perguntou CraigJesse, diferentemente de mim, não achou isso muito divertido. Acho que não posso culpá-lo.
-Não – disse num tom chapado – Não sou.” (p. 70)

5 comentários:

  1. Ahh dessa vez não pude ler a resenha pra não acabar vendo nenhum spoiler dos livros anteriores pois ainda não li nada dessa série! =/

    Mas a capa é mesmo muito linda,, gostei do contraste das cores ^^

    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Agora que lembrei do quinto livro - é verdade né, tem toda essa coisa do Paul sacanear a Suze para "ensiná-la". Arg! Meus livros favoritos da série são o 3 e o 4, e você Gabi? :D

    ResponderExcluir
  3. Eduarda: A capa é linda! E tinha spoilers mesmo, fez bem em não ler. Mas a série é ótima, vale a pena ser lida.

    Ni: É, o Paul é o Paul, dá uma raiva no fundo, mas eu ainda queria que a Meg tivesse deixado o Jesse com mais ciúmes ainda... Enfim, os meus são o 1, 3 e o 4 :)

    Gabi

    ResponderExcluir
  4. Tenho criado coragem para ler essa série da Meg. Essa série, porque pela sinopse de todos os livros, acho que a história em si é boa e porque eu ainda não li nenhum livro dela (tudo bem, pode sentir vergonha de mim). A resenha ficou ótima, mesmo com spoiler! :P

    Adorei o blog e quero saber todas as novidades! Já estou seguindo. Espero que curta o meu!
    http://pronomeinterrogativo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Thaís: A série e demais mesmo. Vale muito a pena ser lida e relida mil vezes.

    Obrigada!! Vou dar uma olhadinha no teu agora mesmo!

    Gabi

    ResponderExcluir