28 de outubro de 2011

Resenha: Liberte meu coração - Meg Cabot

Quem leu toda a série O Diário da Princesa, sabe que no último volume, meu favorito, a Mia escreve um livro. E esse livro, de fato foi escrito pela Meg Cabot. Não sei o porquê, juro que não, eu estava receosa se iria ou não ler o livro. Já tinha adiado a compra infinitas vezes, mas acabei ganhando ele. E eu preciso confessar que me apaixonei pela história. Agora eu olho e penso, porque mesmo eu não queria ler esse livro?

É um romance histórico, e é o primeiro livro que eu leio com esse tema, e eu me surpreendi muito. Conta a história de Finnula Crais, uma jovem com seis irmãs vivendo na Inglaterra no século XIII. Contudo ela é diferente das irmãs, ao invés de fofocar sobre homens, se interessar por vestidos e joias, Finnula usa calças e tem a melhor pontaria da aldeia.

Mellana, uma de suas irmãs, acaba com seu dote de tanto comprar vestidos e acessórios e ainda se vê grávida de um trovador. Mellana convence Finnula que a única maneira de recuperar o dinheiro é capturando um cavaleiro rico e exigir um resgate. Mas Finnula não imaginou que ao capturar um cavaleiro percebesse que talvez fosse mais difícil do que pensava, justamente porque talvez... Ela estivesse começando a sentir algo por ele. E Hugo também parecia sentir.

O livro é muito bem escrito, apesar de ter 404 páginas, a leitura fluiu com uma naturalidade incrível. Os personagens são todos muito bem caracterizados, as paisagens, as personalidades, as características, tudo é muito bem retratado na história. É ambientado em uma realidade totalmente diferente da nossa, mas eu adoro história e adoro tudo isso, então foi uma leitura muito boa para mim. O modo como as pessoas se tratavam, principalmente o lado mais machista é visível.

Finnula é uma personagem incrível. Literalmente ela tem aquele girl power. Que para a sociedade da época, não era entendido com facilidade. Onde já se viu uma mulher usando calças! E ainda mais caçando! Todavia ela não se importa.

Eu me apaixonei com o livro, e também com o cavaleiro capturado por Finn. Teve horas em que meus olhos se encheram de lágrimas, que eu fiquei irritada, apaixonada, enfim, o livro traz muitas emoções a tona. O livro é narrado em terceira pessoa, o que faz a leitura mais rica em detalhes tanto sobre o que Finn pensa sobre certa situação tanto como Hugo pensa sobre certa situação. Os dois são bem divertidos juntos, alguns diálogos realmente me fizeram rir.

Eu recomendo muito o livro. É bem diferente do que os livros “normais” da Meg, não sei se é parecido com os que ela escreve como Patricia Cabot porque nunca li nenhum. É um romance histórico. Um lindo romance histórico.

Além do mais, eu preciso comentar que a capa do livro é linda demais. E a letra utilizada é diferente das que normalmente são usadas, então dá aquele ar histórico mesmo. Então, se gostam de livros assim, não percam tempo pensando se devem ou não ler.

Obs. Se ainda não leu o último livro da série O Diário da Princesa, me sinto obrigada em avisar que se lerem a introdução do livro, terão spoilers. Então, se não quiserem, não tem diferença ler ou não a introdução.

6 comentários:

  1. Ai que bom que vale a pena ser lido! Hmmmmm sua observação é muito válida, uma vez que ainda quero ler a série O Diário da Princesa (nunca li nenhum. Sim, uma super fã de Cabot que nunca leu a série mais famosa da diva. É mole?). Menina, nunca se aventurou pelos romances históricos? É uma delícia né?! Principalmente quando tudo o que queremos é dar uma descansada do mundo real. Ir para outra época é o que há!

    ResponderExcluir
  2. Ni: É muuito bom ler romances históricos, me surpreendi demais!! Quero ler mais e mais agora.

    Gabi

    ResponderExcluir
  3. Own, obrigada pelo comentário fofo no meu blog! Adoro blog de livros, com certeza vou seguir o seu... Obrigada de novo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabi,
    Achei super legal da sua parte em avisar a respeito do Spoiler referente ao livro Diário de Uma Princesa! Confesso que apesar de gostar muito da Meg, não tenho vontade de ler a série Diários da Princesa, então isso não irá me incomodar, mas deve ser realmente muito chato para as pessoas que não tem conhecimento disso!

    Também acho a capa desse livro muito linda e apesar de adooorar os livros que a Meg escreve como Patricia (acho até melhor dos que o que ela escreve como Meg mesmo) - já me disseram que na verdade esse não é mesmo estilo de nenhum dos outros, mesmo sendo um romance histórico!

    Tenho uma curiosidade enorme para saber como de fato ele foi escrito e ele parece mesmo ser bem divertido!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Eduarda: Pois é, sorte minha que eu já tinha lido o último, mas se a pessoa realmente gosta bastante da série é um saco ler o spoiler... acaba com a graça do último livro. Eu quero ler mais livros dela como Patricia Cabot, é a minha necessidade literária no momento :)

    Gabi

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabi! Pois é, não entendo como vc pode ter pensado em não ler, o livro é SUPER ÓTIMO *-*
    Adorei a resenha, falou tudo que eu pensei do livro, a Finnula me conquistou logo de cara :)

    Beijos
    Adriana - Mundo da Leitura

    ResponderExcluir