29 de novembro de 2011

Resenha: O céu está em todo lugar - Jandy Nelson

O livro conta a história de Lennie. Ela acabou de perder sua irmã mais velha, Bailey. Ela que estava sempre acostumava a seguir como sombra da irmã, agora vê que sem Bailey, ela precisa tomar as rédeas da sua própria vida. E ela se vê tendo que balancear dois garotos em sua vida. Toby, o ex-namorado de Bailey que está sofrendo tanto quanto ela e Joe, um aluno novo que roubou seu coração.
Eu sabia que esse livro seria triste e tocante. A sinopse mesmo da contra capa já me deixou com esse pressentimento. Estava certa? Sim, estava.
Somos inseridos no mundo de luto de Lennie. E é impossível não sentir um pouquinho da tristeza imensurável que cerca a vida dela. Dói bastante. O livro é narrado no presente. Algo é bem diferente. É estranho ler assim:
E então eu vou atender ao telefone e...
Depois de me acostumar com isso, li rapidamente. É um livro, apesar de tudo, é um livro leve e rápido de se ler. Mas ele deixa certo impacto.
Lennie é uma personagem que é muitas vezes, difícil de entender porque ela faz o que faz. Eu me via muitas vezes brigando com ela devido ao que ela fazia com Toby. E então, eu parava para analisar a situação e tentar entender ela. Não entendi perfeitamente, mas o que eu concluí foi que os dois estavam mal. Muito mal com a perda da Bailey, Lennie como irmã e Toby como namorado. E um servia de consolo para o outro. Porque eles sentiam a mesma dor.
No inicio, achei que Joe fosse entrar para a minha listinha de “personagens por quais sou apaixonada”, ele entrou até... Mas não está no topo. Por quê? Estressei-me com ele. Simples assim, acho que ele deveria saber o quão difícil era para Lennie ter perdido a irmã, acho que ele deveria ter dado um desconto para ela. E mesmo que ficasse bravo, tudo bem, mas... O “Ei, Rachel!” não precisava ter existido.
Lennie também estraga tudo, mas enfim, Joe é apaixonante. É romântico, sensível e fofo. Mas não entrou para lista como achei que entraria. Não foi irresistível o bastante.
Os dois erraram. Tanto Lennie quanto Joe.
A história da mãe da Lennie, eu achei que ficou faltando algo no final. Estava esperando uma grande revelação por parte da vó da Lennie, mas isso não chegou a acontecer.
Agora, a narrativa. Jandy Nelson, narra bem o livro. Só uma coisa que me deixou meio incomodada, foi a quantidade de referências que o livro faz. Acho ótimo quando um livro faz referência a outro livro e a personagens de outros livros. Mas tudo na vida tem um limite. E ela ultrapassou esse limite. A quantidade de termos em francês também, alguns eu entendi pelo contexto, mas faltou uma nota de rodapé.
Preciso comentar, que o acabamento feito pela Novo Conceito está maravilhoso. A capa é com uma textura totalmente diferente, as imagens são muito bem feitas, adorei!
Eu recomendo o livro. A história é linda. Fala de superação, da dificuldade de seguir em frente após uma grande perda, e como alguém pode ajudar na hora do consolo. É um livro triste, sim, mas vale a pena ser lido.

7 comentários:

  1. Oi Gabi!
    Este livro foi uma surpresa para mim e também fiquei bastante chocada com as atitudes da Lenna. É difícil nos colocarmos no lugar dela porque não estamos passando por uma situação assim, não sei bem como reagiria!
    Sua resenha está perfeita, falou tudo que eu pensava, e mesmo também não achando o Joe aqueeeela perfeição extasiante, entendo a atitude dele perante as descobertas, sei lá, traição sempre dói, ainda mais quando vc já passou por isso antes!!!

    Beijos
    Adriana - Mundo da Leitura

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabi,

    Eu adorei esse livro, achei a narrativa super fofa e tocante.
    Confesso que não achei as referências à outras histórias algo chato, na verdade eu adorei, principalmente porque os livros a que ela sempre se referia eram os meus preferidos.

    Olha, eu amei o Joe, na verdade eu fiquei indignada mesmo foi com a Lennie. Concordo com você que devemos olhar para o lado do que ela está passando mas independente de tudo, não consegui enxergar tudo aquilo como sendo natural ou menos errado por causa disso. Primeiro ela erra ficando com os dois ao mesmo tempo - Segundo por o outro ser justamente o ex da irmã e o fato de ele fazer com que ela se recordasse da irmã não entrava na minha cabeça. Simplesmente converse, fique junto e compartilhe os momentos, não precisava "ficar" de fato com ele para isso. Tomei partido do Joe e acho até que ele acabou sendo bastante compreensivo no final, e justamente por entender o que ela estava passando ele perdoou.

    Enfim, amei esse livro e gostei da Lennie como protagonista, apesar de tudo!! rs
    A diagramação feita pela NC nem se fala, está mais do que perfeita e tenho a impressão de que parte dela é responsável por nos permitir uma maior aproximação com a história.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Não tive curiosidade pelo livro, apesar da capa ser linda. Já da a entender que vai ser muito triste, e eu simplesmente estou tão feliz! Hahahaha! ^^

    Xxx Nini

    ResponderExcluir
  4. quero muito ler esse livro já o vi pessoalmente a capa e todo o trabalho da editora muito lindo

    ResponderExcluir
  5. Eu fiquei curiosa pra ler esse livro desde o lançamento, aí foi só ver ele na livraria e me apaixonar, e a capa é linda, apesar de não estar no meu modo "leitura triste on" eu quero ler, e está na minha lista pra janeiro ou fevereiro do ano que vem... Sua resenha está ótima, e você escreveu tudo o que eu já espero do livro, então a leitura não vai ser tão surpreendente assim...

    Rafaela

    girlcliche.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Gabi!

    Estranho esse lance dos excessos e tal, vou me preparar para uma história bem triste então.

    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Adriana: Esse foi o ponto que eu fiquei pensando o livro, o que eu faria no lugar dela? Eu entendo a reação dele, acho que os dois erraram feio :)

    Eduarda: Também acho que eles não deviam ter ficado. Apenas consolo de palavras seria o suficiente haha. O erro foi dos dois na minha opinião :) A diagramação está perfeita!! Amei!!

    Ni: Haha, eu mesmo feliz adoro um livro triste. Quando estiver no clima leia sim, vale a pena.

    Lilian: É lindo mesmo!!

    Rafaela: Obrigada!! Quero ler a tua resenha depois!

    Gabi

    ResponderExcluir