23 de dezembro de 2011

Entrevista: Babi Dewet

Eu resenhei uns dias atrás o livro Sábado à Noite e hoje vou postar uma entrevita que eu fiz com a autora do livro, a Babi Dewet.

Babi Dewet tem 24 anos e publicou Sábado à Noite de forma independente em 2010. É formada em Cinema e adora livros. Espero que gostem da entrevista e agradeço a Babi por respondê-la para o blog! Muito obrigada!

1.       De onde surgiu a ideia para escrever Sábado a Noite?
De uma conversa com uma amiga há muitos anos atrás. Tive a ideia do final do livro e de repente precisei criar personagens pra contar essa história!

2.       Quando você soube que queria se tornar uma escritora?
Acho que desde pequena eu sabia que queria escrever. Antes não tinha pensado nisso como profissão, escrevia fanfics mesmo por prazer. Hoje estou conseguindo unir as duas coisas e é fantástico!

3.       O livro tem bastante referências a músicas e filmes, quais são os seus favoritos?
Pergunta difícil! Sou apaixonada por Beatles, Janis Joplin e música antiga; mas sou super fã de brit rock como McFLY e The Who. Como filme tenho alguns especiais tipo Star Wars, Senhor dos Anéis e, claro, Eurotrip!

4.       Por que você resolveu criar uma personagem como a Amanda? Já que em muitos livros a personagem principal não é a popular e sim a menina que “sofre” por não ser popular.
Conheci e conheço muita gente como a Amanda. Minha ideia inicial era sobre o Daniel e seus amigos e por isso a Amanda precisava ser o oposto. Ela vai aprender muito ainda no próximo livro e, quem sabe, os papéis não acabam trocando? Apesar de ser chata, a protagonista é bem verdadeira. Muita gente diz que não, mas quando somos adolescentes temos a tendência de ter vergonha das coisas, das pessoas e guardar muita coisa pra gente mesmo!

5.       Por que você decidiu publicar o livro de forma independente e não procurar uma editora?
Eu queria aprender sobre o mundo que estava entrando. Se todos os autores fizessem isso, teríamos mais publicações de qualidade e menos autor sendo enganado pelo mercado editorial. Sempre antes de entrar de cabeça em algo você precisa pesquisar, entender do assunto. Publicar independente foi minha forma de aprender isso!

6.       Acha que agora o público brasileiro está aceitando mais os livros nacionais ou o preconceito ainda é grande?
Isso está mudando, graças a Deus. Mas o preconceito só funciona porque os próprios autores criam isso.

7.       Qual conselho você daria para alguém que quer começar a escrever?
Leia muito e ouça sempre as críticas! O livro não é criado pra quem escreve e sim pra quem lê, então quem melhor pra criticar do que os leitores? O autor precisa ter humildade, ter ritmo de trabalho e um bom relacionamento com seus leitores!

8.       Planeja escrever uma continuação para Sábado a Noite?
A continuação está quase pronta pra ser lançada em livro, aguarde!


Vocês podem conferir a resenha de Sábado à noite aqui. E conhecer um pouco mais sobre a Babi Dewet e o seu trabalho aqui.

Gabi

4 comentários:

  1. Que amor você entrevistando a Babi! Gostei da pergunta 5, era bem o que eu queria saber mesmo. Quero ler a continuação, mas ela falou em inversão de papéis... Oh céus, já estou vendo o Daniel voltar todo mudado e... Nem quero pensar. Hahahahaha! Beijo Gabi!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela entrevista, fofa! Adorei as perguntas, de verdade!!
    E poxa, tenho quase 25 anos HAHAH mas gostei de me sentir mais nova! =DDD
    muack, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a entrevista, principalmente porque você faz umas perguntas fora do comum, que eu mesma queria saber, e não sabia (ou não tinha) como perguntar a um autor de verdade! O que mais me interessa no livro é o fato da Amanda ser a personagem chatinha, tipo eu não sou a menina que sofre, nem a menina popular, mas convivo com esses dois tipos (tenho amigas nos dois padrões), e mesmo sabendo que não podemos julgar sempre acabamos julgando a menina chata então a Babi inovou criando uma personagem assim...

    Rafa

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabi!
    Adorei a entrevista! Que simpática a Babi! *0*
    Gostei de saber como começou sua carreira de escritora, a ideia para Sábado a noite e seus personagens...
    Enfim, bjs! :)

    ResponderExcluir