13 de março de 2012

Resenha: Para Sempre - Alyson Noël

Editora: Intrínseca

Eu li o livro pela primeira vez dois anos atrás, e não tinha tido interesse em continuar a série. Ano passado comprei o segundo volume e depois de demora para resolver reatar coma série tive que reler o primeiro porque não me lembrava com clareza da história.
Ever tinha a vida perfeita, até que ela e sua família se envolvem em um acidente de carro. Ela se vê sozinha no mundo e dessa vez com um poder em especial. Ela consegue ver a aura das pessoas, e consegue saber a sua vida com apenas um toque. Então ela resolve se excluir do grupo.
Até que aparece Damen. Um menino irresistível e misterioso. Ever não faz ideia de quem Damen realmente ela, mas ela começa a sentir algo por ele.
Ever, Ever, Ever. Não é a pior personagem que eu já li, mas ela faz muita tempestade em copo d’água. Ela ‘estraga’ os momentos bonitinhos entre ela e Damen. Está tudo ótimo, perfeito e ela resolve brigar com ele por motivos bobos, isso me irritou bastante durante a leitura.
Damen é aquele personagem que tem tudo para encantar, é perfeito, é irresistível, mas também comete vários erros. Principalmente tentando esconder seu segredo da Ever... Acho que depois de tantos livros onde isso acontece, fica bem claro que relacionamento com segredos sobrenaturais no meio, acabam em brigas.
A narrativa da Alyson Noël tem um ritmo bom de se ler. As primeiras duzentas páginas passam rapidamente e quando se vê já estamos no final. E é quando eu acho que as cenas foram mal organizadas. A leitura fica cansativa, eu queria que terminasse logo. Já estava tudo se acertando depois de um momento entre irmãs, tudo indo para um caminho bom e a autora coloca um problema de novo.

Claro que ela colocou um problema no final do livro para dar um gancho para o segundo, mas eu não consigo gostar de me sentir obrigada a ir ler o próximo para saber o que acontece. 
Essa série tem várias resenhas de amor e ódio, então acho que só lendo mesmo para ter uma boa opinião formada.

8 comentários:

  1. Não tenho vontade de ler a série, mas, sim, algum livro da autora para saber se o problema é com ela ou com a chatice dos personagens, rsrs
    É, os ganchos. Se não ficamos com vontade, não rola. Tem na biblioteca da escola; estou pensando em pegar. Será?
    Como você disse, só lendo para tirar as próprias conclusões.
    Bjs, Gabi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pegue! Acho a escrita da autora bem gostosa, o problema é a protagonista que faz muita burrada. Mas acho o primeiro livro bem tranquilinho! :) Não é um dos melhores livros ever (trocadilho k) mas é legal! (eu me metendo em comentários alheios, yay)

      Excluir
  2. Achei parecido com Fallen, sobre as opiniões de amor e ódio,a ultima resenha que li sobre esse livro o blogueiro não gostou,não achou a história interessante e definiu o livro como um para ser ler quanto não estiver fazendo nada,rs. Mas como você disse,só lendo pra ter uma opinião de verdade, mas já não gostei do que você falou da Ever estragar os momentos com o Damen, odeio personagens assim --' rs

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. O primeiro livro é lindo e eu o amo! Adoro a Ever, apesar de ela de fato fazer tempestade em um copo d'água, mas acho que no primeiro livro ainda nem é tão "ao extremo" quanto nos outros. O primeiro livro é muito amor! Não achei o livro desorganizado, o ponto fraco é mesmo essa teima da personagem, mas, como disse, no primeiro livro está tudo bem "tranquilo". Beijão, Gabi!

    ResponderExcluir
  4. fica bem claro que relacionamento com segredos sobrenaturais no meio, acabam em brigas.

    achei engraçado, mas é bem assim, esse povo não aprende rsss

    Eu concordo com você em vários pontos, a leitura é rápida e prende a atenção, mas algumas coisas incomodam como isso de começar algo no último segundo. Como já comentei, essa série eu não pretendo continuar.

    Bjus

    ResponderExcluir
  5. ''Para Sempre'' foi uma leitura que eu amei... Até a metade do livro.

    Do meio para o final, nem a escrita gostosinha da Allyson Noël salvou a história. E foi só por causa dela que eu apostei em mais uma série dela (no caso, ''Riley Bloom'', que se passa no mesmo universo de ''Os Imortais'', mas é completamente diferente).

    Como você disse, depois de um certo capítulo, as cenas começam a ficar amontoadas umas sobre as outras, de um jeito forçado. Infelizmente, abandonei a leitura da série... Mas não desisti da autora, e ainda bem que fiz isto, pois ''Radiante'' - apesar de menor - é melhor estruturado e mais divertido do que ''Para Sempre''.

    Henri B. Neto
    ''Na Minha Estante''

    ResponderExcluir
  6. Eu consegui ler Para Sempre de boa...até ler os comentários desanimadores do restante da série...

    A Ever realmente é MUITO imatura e dá bastante raiva...mas eu li sobre a NORA (Hush Hush) até agora, então, quem sabe? XD

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Eu realmente amei o livro, mas Ever é um tanto irritante mesmo... HAHA. Damen de fato faz qualquer uma suspirar e acho que foi até um "salvador da pátria" na série! A série é boa, mas quando você vai chegando no terceiro e no quarto livros, a história dá uma esfriada e você tem vontade de jogar o livro pela janela, até porque Ever continua cometendo as mesmas tolices. Mas o final da série vale a pena com certeza! Adorei a resenha!
    Já estou seguindo o blog! Segue de volta? Abraços,
    http://www.amo-romance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir