30 de junho de 2012

Resenha: O Melhor de Mim - Nicholas Sparks


O Melhor de Mim - Nicholas Sparks - Arqueiro
Amanda e Dawson se conheceram na escola com dezessete e anos se apaixonaram. O amor que um sentia pelo outro, era enorme, mas os pais de Amanda eram contra e eles eram de mundos diferentes. O destino interfere e eles se separam. Cada um seguindo um caminho e um estilo de vida diferente.
Vinte e cinco anos depois, os dois se veem novamente na cidade onde se conheceram para o velório de Tuck Hostetler, um conhecido deles, e ao se reencontraram depois de tanto depois, sentimentos que foram abandonados parecem querer reaparecer.
Eu adoro Nicholas Sparks. Adoro a narrativa dele, adoro os personagens que ele cria e eu simplesmente gosto dos livros dele. O Melhor de Mim não foi diferente. Mas antes de tudo, o motivo pelo qual esse livro não entrou para os meus favoritos:
A base da história é muito parecida com a de O Diário de uma Paixão. Todo resto é diferente, mas a base é igual. E isso me deixou um pouquinho frustrada.
Mas apesar disso, é um livro com todos os elementos do Sparks. Personagens simples, bem escritos e agradáveis. Dawson é um personagem que realmente, eu admirei. Principalmente no final... Que final foi esse que o Nicholas Sparks escreveu. Me deixou angustiada!
Nicholas Sparks narra pelo ponto de vista de vários personagens, mudando de um para outro rapidamente e deixando a leitura rápida e da metade do livro em diante, fica impossível parar. Os primeiros capítulos são mais lentos, mas passando essa barreira, é uma história muito boa.
A troca de pontos de vista é interessante. Podemos ver diversas mentalidades diferentes e entender o que está acontecendo na história como um todo. Às vezes achava que tinha cenas desnecessárias, mas depois percebi que não. Tudo foi escrito com um motivo.
E como sempre, eu fiquei tentando adivinhar o que iria acontecer e minhas ideias mudavam a cada página. O final é inesperado e é surpreendente e eu fiquei chocada.

29 de junho de 2012

Promoção: Do seu lado


Olá!

Promoção nova no blog! Valendo o livro Do seu lado da Fernanda Saads e a sacola estilo eco bag do kit. Para participar, é só preencher corretamente as opções no rafflecopter. Qualquer dúvida, vocês podem me achar no twitter ou mandar um e-mail. Boa sorte a todos!

a Rafflecopter giveaway

28 de junho de 2012

Resenha: Do seu lado - Fernanda Saads

Oi!
Essa capa me enganou. Quando vi pela primeira vez, achei que seria um drama, mas na verdade, é um chick-lit. O tom azul da capa me deu a entender que seria um romance mais 'triste'.

Do seu lado - Fernanda Saads - Novo Conceito
Do seu lado, escrito pela autora nacional Fernanda Saads, conta a história de Sarah. Uma arquiteta que sempre pensou como seria se reencontrar com seu ex. Até o destino resolver interferir e fazer os dois de verem novamente. Bruno já magoou muito Sarah no passado, mas ele é irresistível. Seu melhor amigo é contra ele, sua família também, mas Sarah não consegue controlar seus sentimentos e ela quer vingança. 

É um livro bem clichê. Logo nas primeiras páginas eu já comecei a suspeitar o que iria acontecer e acabei acertando. Eu gosto de clichês, mas a história foi previsível demais. E durante o tempo todo eu fiquei com vontade de chacoalhar a Sarah e dizer: Abra os olhos!

Porque ela simplesmente não conseguia enxergar o que estava acontecendo bem a sua frente. Acho que isso me estressou durante a leitura. Eu não gosto de ter que ficar brigando com a personagem e Sarah foi muito cega. Está ali, bem na frente dela e ela não vê. 
Bruno foi um personagem que eu fiquei com raiva. O leitor percebe o que ele está fazendo, mas Sarah não. Seu coração está iludido e ela fica totalmente cega. Toda história precisa ter seu 'vilão'.... Assim, como toda história precisa ter o melhor amigo adorável, Igor. Os personagens são típicos e tem suas funções na história bem claras.  
 A narrativa da autora é no presente. Não estou acostumada a ler narrativas no presente, mas foi algo que fez a história correr rápido. Em alguns momentos até rápido demais. Temos muito diálogos nesse livro. Diálogos muito rápidos. E assim, eu adoro diálogos, de verdade, mas gosto quando são balanceados com narrativa normal. Eu achei que faltou algo.
É um livro gostoso de ler. A história é divertida e é um romance bem água com açúcar. Para quem gosta do gênero e que ler um chick-lit brasileiro, é uma sugestão!

26 de junho de 2012

Resenha: Lock and key - Sarah Dessen

Lock and key - Sarah Dessen - Penguin (Speak)

Ruby estava vivendo sozinha em segredo já fazia alguns meses depois que sua mãe a abandonou. Ela estava conseguindo se virar bem sozinha até alguém descobrir tudo.
Ela então é levada para morar com sua irmã Cora, com quem não tinha contato a dez anos e seu cunhado Jamie. E então, a história começa com Ruby se adaptando a essa nova vida e lutando contra seus problemas internos.
Lock and key é um livro que fala sobre a família. Sobre o significado que a família pode ter para diferentes pessoas.
Gostei que o romance não é o tema central desse livro. Nos outros dois livros que eu li da Sarah Dessen, já tinha gostado de como ela trabalha o núcleo familiar da personagem, e em Lock and Key isso foi impecável.
Ruby é uma personagem que tem um grande desenvolvimento ao decorrer do livro. Ela passa de uma menina que acha que aceitar ajuda dos outros é sinal de fraqueza para alguém que entende que as vezes, aceitar ajuda é necessário.
Claro que temos um menino na história, Nate. O novo vizinho de Ruby que parece ter tudo sob controle e que parece ter uma ótima vida. E Sarah Dessen nos apresenta ao núcleo familiar dele, e então a história realmente se foca em como os dois lidam com suas famílias.
Cora, a irmã mais velha de Ruby e Jamie, seu cunhado são grandes personagens no livro. Eles são realmente quem ajudam Ruby a superar tudo e a se acostumar com seu novo estilo de vida.
O que a Sarah Dessen proporciona ao leitor é as conexões dos personagens por completo. Os personagens secundários são bem explorados, e eu sempre me sinto como se eu estivesse naquele núcleo de pessoas, vivendo naquele local. É uma sensação de estar lendo algo completo.
Adorei. Apesar de não adorar o final, é um final real. É o único final que poderia ter sido escrito para a autora chegar perto de um final feliz. É o que aconteceria na vida real, e é o que aconteceu no livro.
Os livros da Sarah Dessen são reais, e eu recomendo bastante.

24 de junho de 2012

Resenha: A Promessa - Richard Paul Evans

Beth Cardall havia perdido todas as suas esperanças. Seu casamento havia se desmoronado e sua filha estava com uma doença que os médicos não conseguiam diagnosticar. Até que Matthew aparece em sua vida. Um homem misterioso que a fará confiar novamente e que fará sua esperança ressurgir.

A Promessa é um livro bonito. A maneira que o prólogo do livro é escrito leva o leitor diretamente para dentro da história logo no inicio. Simplesmente por sentir tanta vontade de saber o que estava acontecendo, eu queria saber qual era o segredo que Beth guardava há dezoito anos.
A narrativa de Richard Paul Evans é agradável de ler. O livro possui bastante diálogos, e eu gosto de diálogos. Os personagens também são fáceis de gostar, principalmente da pequena Charlotte. Apesar dos seis anos, ela está sempre preocupada com sua mãe.
Eu que achava que seria apenas um romance bonito, acabei me surpreendendo com o livro. E eu adorei a surpresa que o autor colocou. Sempre gostei de histórias com temáticas como a que aparece no decorrer do livro, sempre achei muito interessante e foi uma ótima surpresa encontrar 'isso' em A Promessa.
“Isso” foi chamado de “isso” para não contar spoilers para vocês.

Só acho que alguns detalhes ficaram descuidados. Não sei como vou falar isso, mas o autor se descuidou com alguns detalhes e algumas coisas ficaram estranhas. Não sei se faltou planejamento, ou se o autor realmente não prestou atenção. É algo que acontece no final, para mim, a amiga da Beth iria se lembrar do Matthew. Quem leu sentiu a mesma coisa?
Mas enfim, é uma história muito bonita. Eu gostei muito do que li e de como o autor contou a história. Podia ter caído em um romance clichê, mas a direção que ele tomou fez o livro ser muito mais do que um simples romance.

Resultado: Garotas de Vidro

Bom dia!


Hoje é dia de resultado de promoção! Quem ganhou o kit de Garotas de Vidro foi...



23 de junho de 2012

Da livraria para a minha estante #37


Oi,


Semana passada não teve post, mas aqui estou eu com os meus livros novos. Meus últimos dias estão sendo bem corridos, principalmente o inicio dessa última semana, então eu fiquei ausente dos blogs de vocês. Assim que der, eu volto a visitar seguido, mas estou cheia de provas.


O zen e a arte da escrita - Ray Bradbury - Leya. Adoro ganhar livros de surpresa. Principalmente quando é um que eu quero bastante. Eu vi esse livro em um dos videos da Giu do Amount of Words e me interessei bastante. Estou louca para começar a ler e ainda mais, o livro em si é maravilhoso. A imagem da capa é composta por vários post-its com anotações. 

Fahrenheit 451 - Ray Bradbury - Globo de Bolso. Eu sempre tive muita vontade de ler esse livro. A sinopse sempre me encantou demais e agora eu finalmente encontrei ele disponível para comprar. É uma edição de bolso, bem simples, mas a letra é boa de ler. 


Branca de neve e o caçador - Vários Autores - Novo Conceito. Tinha recebido apenas a caixa do kit e agora recebi o livro. É muito bonito e eu estou animada para ler. 

Resposta Certa - David Nicholls - Intrínseca. Quinta-feira entrei na Saraiva e não consegui sair sem nada. Esse livro simplesmente pulou em mim e não soltou mais. Eu adorei Um Dia e estou bem ansiosa para ler esse. Antes, eu dizia que eu tinha que ter esperado para ter comprado o Um Dia com a capa do filme, agora não me arrependo mais porque os dois seguem o mesmo layout.


Minhas leituras das últimas duas semanas: eu terminei de ler Memórias de um Sargento de Milícias para a aula de literatura e de verdade, não é tão ruim quanto eu esperava. É até bom de ler, comparando aos outros livros 'clássicos' brasileiros que eu li. 

Li Cidade de Vidro da Cassandra Clare. Eu considerei o melhor livro da série até agora. Eu mergulhei na história e não conseguia mais parar de ler. Vou falar mais na resenha, mas é muito bom.

Depois li Brincos de ouro e sentimentos pingentes, livro de parceria com a Biruta. Já tem resenha aqui no blog, para quem quiser conferir. Li Do seu lado da Fernanda Saads, lançamento de junho da Novo Conceito. A resenha sai na semana que vem, com promoção.

Como foi a semana de vocês?

Gabi

22 de junho de 2012

Meme: Ah, essa minha fila de livros...


Oi,

Recebi esse meme do Henri do blog Na Minha Estante e achei interessante de responder. Acabei ficando feliz ao perceber que não tenho tantos livros não lidos como eu pensava que tinha!




1. Responda as perguntas abaixo:

Qual a quantidade de livros comprados/ganhados e não lidos que você na fila atualmente?
Atualmente tenho 17 livros não lidos. 

Você tenta se controlar para não comprar muito (e não aumentar o tamanho da fila) ou não se importa com isto e compra quando tem oportunidade/vontade/dinheiro?
Eu me controlo. Tem muitos livros que eu quero comprar, que eu quero ler, mas é impossível ler tudo que eu quero. Eu normalmente faço uma seleção, do que eu realmente quero e então eu compro. Tenho as minhas prioridades. No inicio do ano eu fiquei um tempo sem comprar, mas agora, se eu quiser comprar eu compro moderadamente. Um ou dois livros por vez.

No últimos meses, a sua fila está tendendo a aumentar ou diminuir?
Diminuir! Estou conseguindo ler mais do que compro.

Quantos livros em média você compra/ganha por mês?
Ganho uns quatro/cinco de parceria e eu realmente não sei quantos compro por mês. Seria legal se eu começasse a anotar para ter uma noção disso.

2. Link do blog que te enviou o Meme.
- Blog Na Minha Estante 

3. A Lia quer saber das suas respostas.
Deixe um comentário no post http://verbo-ler.com.br/2012/05/meme-fila-de-livros-nao-lidos do blog Verbo: Ler, avisando que respondeu o Meme, com o link para o seu post.

4. Repasse para 5 ou mais blogs.
Deixo as indicações abertas! Quem quiser responder, sinta-se indicado!

Gabi

20 de junho de 2012

Resenha: Brincos de ouro e sentimentos pingentes - Luiz Antonio Aguiar

Brincos de ouro e sentimentos pingentes é um livro gostoso de ler. É rápido. e não é uma história muito longa. Terminei em menos de uma hora e fiquei com uma sensação boa dentro de mim.
Brincos de ouro e sentimentos pingentes - Luiz Antonio Aguiar - Editora Biruta
O livro é narrado pela personagem Manuela, e vai narrando em idades diferentes. 11, 12, 13, 14, 15 e 16 anos. E conta sobre como ela começou a gostar do Pedro Cláudio e como essa paixão foi se desenrolando durante todos os anos.
Preciso dizer que quando ela começou a ter uma paixonite por ele aos 11 anos, ele tinha 19, então era algo um pouco improvável. E eu achei um pouco forçado. 
Não sei se é apenas algo que eu penso, pelo que ando vendo as meninas de 11 anos hoje em dia já começam a gostar de meninos, mas eu achei muito cedo. Não sou velha para falar "na minha época", mas sei lá... Acho se a paixonite dela tivesse começado com uns 13 ou 14 anos eu iria gostar mais. Eu gosto de me imaginar na personagem e uma menina de 11 anos, eu considero muito nova para sentir o que ela sentiu. 
É uma história bonitinha de se ler. Manuela com dezesseis se lembrando de tudo e criticando ela mesma e o amor platônico dela. Infelizmente não gostei muito do Pedro Cláudio... Manuela tem essa visão dele como alguém maravilhoso, mas eu não gostei de várias coisas que ele foi fazendo durante o livro.
A parte que eu mais gostei no livro, foi os poemas. Normalmente nas partes de 14 e 15 anos Manuela escreve vários poemas. Eu adoro poemas e achei esses muito bonitos, com um ritmo maravilhoso e eu lia como uma melodia na minha cabeça. Amei os poemas escritos pelo autor.
O trabalho de diagramação interna do livro é maravilhoso, cheio de imagens de folhas e flores. É um livro muito bonito com uma história muito agradável de ler. A história chegou a me acalmar, eu fiquei bem tranquila quando terminei. A narrativa tem um ar poético que eu adorei.

18 de junho de 2012

Resenha: Ela foi até o fim - Meg Cabot


Ela foi até o fim - Meg Cabot - Galera Record
Ela foi até o fim conta a história da roteirista ganhadora do Oscar Lou Calabrese. A parte ruim da sua vida é que seu namorado que estrelou o filme resolve deixa-la pela atriz coadjuvante. E essa menina deixa seu namorado Jack para trás também.
Jack e Lou já tem uma história de quando ele estrelou um dos filmes escritos por ela e mudou uma de suas frases. O relacionamento deles não é dos mais saudáveis que existem e ele será o astro do próximo filme dela. Como praga do destino, eles entram em um helicóptero juntos e esse acaba caindo no meio de uma floresta no Alasca. E agora?
Ela foi até o fim é um livro previsível, mas divertido. Eu adoro personagens que se odeiam e são obrigados a conviver juntos. Não sei o motivo, mas eu gosto. E a Meg Cabot tem um talento incrível para escrever cenas divertidas entre Jack e Lou.
Os dois personagens são agradáveis de ler. Jack o famoso arrasa corações e Lou uma mulher estressada que teve o coração partido pelo seu namorado depois de dez anos juntos.
O único ponto negativo que eu senti nesse livro, foi que a autora quebra o ritmo do livro. Ela intercala algumas cenas entre Jack e Lou com cenas entre os pais deles, e eu não gostei muito de como as cenas são interrompidas e para o ritmo bom da leitura.
Não é um livro incrível, é um livro bom de ler. Típico Meg Cabot. Como disse antes, o final é bem previsível e o desenrolar da história também.
Gostei. Quis uma leitura leve e divertida e achei exatamente isso em Ela foi até o fim.

17 de junho de 2012

Evento: Paula Pimenta (15/06)

Olá!
Na sexta-feira teve o evento de lançamento do Fazendo meu Filme 4 em Porto Alegre e foi um evento incrível, cheio de gente e eu adorei.
Ano passado, quando a Paula foi à feira do livro eu escrevi um post (aqui) contando o que ela tinha dito, sobre a história de publicação de FMF e tudo mais, não vejo razão para ficar me repetindo, então vou escrever aqui o que eu senti ontem e algumas novidades.
Quando se percebe que a quantidade de gente aumentou bastante do último evento para esse, eu fico orgulhosa da Paula Pimenta por ter alcançado isso, por FMF estar se tornando esse grande livro e estar ganhando mais reconhecimento.
Teremos uma versão dele em inglês até! Isso é incrível, ser traduzido do português para o inglês e não ao contrário. Será lançado primeiramente em e-book e eu estou animada com isso!
Eu gosto muito de escrever, e um dos meus sonhos é publicar um livro. E lá no evento, eu simplesmente acreditei que era algo possível, que eu poderia, um dia, realizar esse sonho.
Cheguei cedo para pegar uma senha boa para os autógrafos, então não precisei esperar muito. E falar com a Paula Pimenta, mesmo que seja por alguns minutinhos, é falar com uma amiga distante sabe? Você simplesmente se sente confortável e feliz.
E tive a maravilhosa noticia também que ela vai lançar um livro de crônicas em agosto. Minha Vida Fora de Série 2 provavelmente será lançado no final desse ano ou no inicio de 2013. E a nova série dela, será sobre uma menina viciada em livros. Ela já apareceu em FMF 4 e eu fiquei muito animada para ler. Viciada em livros... Eu... Tem tudo a ver.
Se a Paula Pimenta passar na cidade de vocês, tentem ir! Vale muito a pena e eu adorei cada segundo do evento.
Gabi

15 de junho de 2012

Promoção: Conselho de Amiga


Oi! Mais uma promoção no blog. Dessa vez é do kit de Conselho de Amiga da Siobhan Vivian. Você tem a chance de ganhar o livro + marcador + duas pulseiras de plástico coloridas.

A promoção começa e hoje e vai até o dia 15 de julho. Qualquer dúvida é só entrar comigo pelo formulário de contato/e-mail/twitter. Boa sorte a todos!


a Rafflecopter giveaway

14 de junho de 2012

Resenha: Conselho de amiga - Siobhan Vivian


Conselho de amiga - Siobhan Vivian - Novo Conceito
Vamos começar pela história: no aniversário de 16 anos da Ruby, ela recebe uma visita inesperada do seu pai. Quem ela não via fazia seis anos, desde que ele se separou da sua mãe. Ruby não quer falar com ele, não quer que ele faça parte da sua vida.
Também temos a história com as amigas da Ruby. Beth, Maria e Katherine. Beth e Ruby são amigas desde crianças, Beth sempre ajudou Ruby com os problemas com seu pai e sempre lhe deu conselhos. Mas Ruby percebe que talvez, Beth esteja se metendo demais na sua vida e tomando decisões que Ruby deveria tomar.
Eu senti que faltou algo no livro. Tudo aconteceu tão rápido, eu queria que a autora tivesse trabalhado mais o psicológico da Ruby, já que ela tinha tanto ‘drama’ ao seu redor. Queria também que o romance fosse mais desenvolvido. Foi tão rápido que eu não consegui criar um vínculo com os personagens, porque quando eu começava a me importar e a gostar de algo, tudo terminava e já partia para outra cena.
Acho que algumas coisas aconteceram muito superficialmente, as amigas da Ruby poderiam ter sido mais desenvolvidas como personagens, porque cada uma tinha seu próprio conflito, e esses não foram muito trabalhados.
É um livro bom de ser lido, com um bom ritmo e com uma história que tinha um potencial enorme. Acabei sim, me decepcionando. Não é um livro ruim em nenhuma forma, só achei que ele tinha capacidade de ser algo muito melhor.
Mas gosto é gosto, enquanto eu penso assim muitos podem acabar gostando do livro. Tem promoção amanhã para quem quiser tirar suas próprias conclusões!

12 de junho de 2012

Resenha: Dash and Lily's Book of Dares - Rachel Cohn e David Levithan



Dash and Lily's book of dares - Rachel Cohn e David Levithan - Knopf Books

Resolvi ler esse livro porque queria algo fofo, algo leve e uma história que me deixasse feliz. Nenhum dos livros que eu tinha em casa tinha potencial para ser assim e eu acabei comprando esse em e-book.
Lily é uma menina de dezesseis anos. Na época do natal, ela resolve deixar um caderno vermelho na prateleira de sua livraria favorita. Dash acaba achando e descobre que dentro do caderno, Lily propõe vários desafios.
Então Dash e Lily começam a trocar desafios, sempre por meio do caderninho vermelho. E a vontade de um conhecer realmente o outro vai aumentando, mas o medo de a pessoa real não ser parecida com a pessoa que eles imaginam também cresce.
Eu amei os personagens desse livro. Dash e Lily são apaixonados por livros e eu me vi na Lily. Isso já fez com que a história se tornasse melhor ainda. Lily é aquela menina diferente, que pensa diferente e que sonha em encontrar alguém que goste dela, uma pessoa que goste dela por ela ser diferente das outras meninas. Por isso o caderninho vermelho na livraria, porque ela sabe que seria o lugar perfeito para achar alguém com o gosto que ela tem por livros e alguém parecido com ela.
O livro é narrado pelos dois. Um capítulo pelo ponto de vista da Lily e outro pelo de Dash. É uma narrativa gostosa de ler. Divertida, leve e bonitinha.
Eu esperava um livro bom, e encontrei um livro maravilhoso. O que eu não esperava era encontrar personagens tão incríveis e que me fizeram companhia em um momento que eu precisava de companhia de personagens assim. Parecidos comigo. 

11 de junho de 2012

E os vagalumes #33


Surpresa! Eu ia postar isso só no sábado, mas fiquei animada e já se passaram quatro meses desde que postei essa coluna pela última vez, então achei melhor postar logo antes que eu desistisse. 

É difícil eu escrever algo que me agrade e que eu sinta vontade de postar em algum lugar. Eu costumava trazer um trecho de livros e comentar, mas hoje decidi postar algo que eu mesma escrevi. Já postei no outro blog, mas eu queria postar aqui também. 

Para quem é novo no blog e não sabe sobre o que a coluna 'E os vagalumes?' fala é simples: as vezes eu posto trechos de livros e comento sobre eles, ou eu posto textos/poemas que eu mesma escrevi. É basicamente isso, um espaço mais pessoal aqui no blog. 

Eu escrevi a umas semanas atrás e eu espero que vocês gostem. Não vou prometer postar mais seguido, mas vou tentar. Adoraria saber o que vocês acharam do poema, ficaria imensamente agradecida se comentarem!

10 milhões de vagalumes

Chora chora vagalume
Memórias passadas ressurgem
Chora chora vagalume
Não deixe que as lágrimas inundem

Brilha brilha vagalume
Não deixe se abalar
Aumente aumente esse volume
E deixe seu mundo girar

Diga diga vagalume
Que você não acredita
Diga diga vagalume
Que você necessita

Voe voe vagalume
Para longe da insanidade
Vamos vamos vagalume
Voe por curiosidade

E mesmo não acreditando nos seus olhos
Vamos vamos vagalume
Voe voe nesse instante
Voe voe para longe.

10 de junho de 2012

Da livraria para a minha estante #36


Um comentário inútil antes de começar a falar sobre os livros: que frio!
Eu gosto do inverno, mas está um pouco exagerado aqui no sul nesses últimos dias. Mesmo dentro de casa é congelante. É difícil até de digitar, meus dedos congelam rapidinho.

O post está saindo no domingo porque até sexta-feira eu não tinha recebido nada. Então achava que nem iria fazer. Sexta, eu tinha saído e quando cheguei em casa tinha a caixa da Novo Conceito me esperando, mas já era muito tarde para tirar as fotos e no sábado de manhã a Saraiva fez uma visitinha aqui em casa. 


Dizem por aí... - Jill Mansell - Novo Conceito. Não li a sinopse, então não sei ao certo sobre o que o livro irá falar. Mas suspeito que seja um romance. Não é das minhas capas favoritas, mas eu amei a lombada do livro. E junto no kit vem um 'termômetro de humor' e um marcador.

Conselho de amiga - Siobhan Vivian - Novo Conceito. Eu adorei 'Não sou esse tipo de garota' da autora, então quando chegou eu peguei ele para ler e  já terminei. A capa é bem bonita e junto vem duas pulseiras coloridas com 'amigas para sempre' escrito e um marcador.


Do seu lado - Fernanda Saads - Novo Conceito. Eu adorei a capa com os tons de azul. Acho que não tenho nenhum livro com esse tom de azul. O kit vem uma sacola azul também. Estou bem animada para ler.

Tudo o que ela sempre quis - Barbara Freethy - Novo Conceito. Outro que eu quero muito ler. A capa é bem bonita e a história parece ser boa. O livro veio dentro de uma embalagem de plástico, que é útil para carregar coisas.


Cidade de Vidro - Cassandra Clare - Galera Record. Se eu pudesse ficar olhando para a capa desse livro o dia inteiro eu ficava. É simplesmente incrível! Brilha demais. A parte na esquerda da foto aparece um pouco porque é onde o sol bateu, mas pessoalmente, é algo maravilhoso de se ver. Lindo. Lindo. Lindo. Sério, esse livro é maravilhoso e eu não consigo parar de mexer e ver os brilhos.


Muitas leituras pela frente. Eu estou um pouco mais 'lenta' porque esse mês estou fazendo o NaNoWriMo, onde o objetivo é escrever uma história de 50,000 palavras em um mês. Então estou me dedicando bastante para isso. 

Essa semana eu li As Vantagens de ser Invisível do Stephen Chbosky. Adorei o livro. A Escolha do Nicholas Sparks que já tem resenha e promoção aqui no blog e Hunger do Michael Grant. Segundo volume da série Gone. E Conselho de amiga, a resenha dele sai na quinta-feira.

Como foi a semana de vocês?

Gabi

9 de junho de 2012

Book Blogger Hop #32

Meme do blog Murphy's Library.

Já teve algum casal que você torceu muito, achou que tinha diversas evidências de que eles ficariam juntos e no final a(o) autor(a) os separou? Ou então algum fanonship muito improvável?

Sim! Clary e Jace de Os Intrumentos Mortais (queria matar a Cassandra Classe depois de Cidade dos Ossos). E também, no inicio de Fallen eu torcia para Luce e o Cam ficarem juntos. 

Se você pudesse falar uma única coisa pro seu autor favorito, o que seria?
(São vários autores... Não consigo escolher apenas um. E está fora de ordem de preferência.)
John Green, você é um gênio e se um dia eu conseguir escrever metade do que você escreve já estarei satisfeita. Seus livros são simplesmente incríveis, maravilhosos e especais para mim. Sarah Dessen, admiro como você escreve sobre família e relacionamentos entre os personagens, e as lições de vida nos seus livros são incríveis. Paula Pimenta, adoro achar um pouquinho de mim nas suas personagens! Suzanne Collins, você criou algo único e me fez pensar. Seus livros mexeram comigo. Lauren Oliver, Delírio me fez ver o amor de outra maneira. Becca Fitzpatrick, obrigada por criar o Patch e colocar todas aquelas ironias que eu tanto amo nas páginas dos livros.


Gabi

8 de junho de 2012

Promoção: A Escolha



Alguém quer ganhar o livro A Escolha do Nicholas Sparks? Mais uma promoção no blog! É só seguir os passos no Rafflecopter e torcer para ser sorteado. O resultado será divulgado no dia 8 de julho. Boa sorte a todos!



 a Rafflecopter giveaway

7 de junho de 2012

Resenha: A Escolha - Nicholas Sparks


A Escolha - Nicholas Sparks - Novo Conceito
Os últimos dois livros que eu li do Nicholas Sparks, não chorei. Acho que para compensar, eu chorei horrores com esse livro. A Escolha conta a história de Gabby e Travis. Gabby é nova na cidade e não tem nenhum amigo ainda. A não ser seu namorado que quase nunca tem tempo para ela. Travis é seu vizinho e apesar deles começarem com o pé esquerdo, ele quer conquistá-la. Mas não é tão fácil conquistar Gabby, já que ela está sempre na defensiva.
(Comentário irrelevante: Eu adorei, adorei, adorei que o nome da Gabby é na verdade Gabrielle. Apesar do meu nome ter um L a menos, nunca tinha lido um livro cujo qual, a personagem tem o mesmo nome que eu).
Tem algo na narrativa do Nicholas Sparks que faz ser impossível soltar o livro. É uma narrativa gostosa de ler, com palavras certas e um ritmo perfeito. Nesses pontos, ele nunca me decepcionou.
A Escolha é dividido em Parte Um e Parte Dois. Vou comentar as duas separadamente.
Eu amei a Parte Um. Adorei Gabby, adorei Travis, adorei Stephanie, adorei como o relacionamento deles foi se desenvolvendo e enfim, adorei tudo. Não sei por que, mas meus casais favoritos são os que começam com certa implicância entre os personagens. Gosto das provocações entre eles, gosto do jeito que Travis flerta com a Gabby. Eu me senti imersa na história, maravilhada com o talento no Nicholas Sparks em escrever cenas bonitas.
A Parte Dois, eu gostei. Foi quando eu chorei e tudo mais. Mas a meu ver, foi um pouco desnecessário. Eu teria gostado muito mais do livro se tivesse acabado antes de acontecer o que aconteceu. Acho que não é obrigatório o Sparks colocar uma tragédia em cada livro. Apesar de eu ter gostado do final, não senti que era necessário.
Em síntese, eu gostei bastante da história. Adorei os personagens. Recomendo para todos os apaixonados por romances e para quem quer se aventurar no gênero.

5 de junho de 2012

Top 10 Tuesday: Livros que eu salvaria


Oi! O Top Ten Tuesday é um meme hospedado no blog The Broke and the Bookish. Cada terça-feira tem um tema, e então é preciso falar dez livros relacionados com o tema. Como se fosse um Top 5, mas é um Top 10. Quando tiver um tema legal, eu vou começar a responder. O dessa semana é livre, pode-se escolher qualquer tema já proposto anteriormente e eu escolhi esse:

Top Ten Books I'd Quickly Save If My House Was Going To Be Abducted By Aliens (or any other natural disaster)

Top 10 livros que eu iria rapidamente salvar se a minha casa estivesse sendo abduzida por aliens (ou qualquer outro desastre natural).



The Fault in Our Stars – John Green
Amo esse livro. Um dos meus favoritos de todos os tempos. Seria um dos primeiros que procuraria salvar. Não conseguiria deixar ele para trás.

Looking for Alaska – John Green
Já que está um ao lado do outro na estante... Brincadeira. Looking for Alaska foi um livro que mudou muito minha visão sobre algumas coisas e significa bastante para mim.

Por isso a gente acabou – Daniel Handler
Cada vez que eu penso na história fico com vontade de abraçar o livro. É lindo, a história é maravilhosa e eu iria me sentir culpada se deixasse para trás. É meu 'queridinho' do momento.

Fazendo meu filme – Paula Pimenta
Estão autografados!! Pelo menos um da série eu salvaria. Melhores livros nacionais que eu já li.

Sussurro – Becca Fitzpatrick
Como deixar o Patch para trás? Não poderia fazer isso.

Orgulho e Preconceito – Jane Austen
Um dos meus romances preferidos. Simplesmente sou apaixonada pela história e pelos personagens.

Mockingjay – Suzanne Collins
Meu livro favorito na série. Hardcover, lindo e maravilhoso. Seria salvo sem dúvida nenhuma.

Crepúsculo – Stephenie Meyer
Minha história com esse livro é longa demais para não levar junto. Edward foi minha primeira paixonite literária. O romance é lindo e eu adoro esse livro.

A vantagens de ser invisível - Stephen Chbosky
Esse livro me deixou pensando e pensando e pensando e eu ainda estou pensando e tentando analisar tudo que aconteceu. Eu salvaria, porque adoro livros que me fazem pensar e ver o mundo de outro modo.

Delirium – Lauren Oliver
Sempre que eu olho para a minha estante esse livro pula no meu olhar, então acabaria lendo ele junto. E eu amo a história e a narrativa.

O que provavelmente aconteceria é que eu nem conseguiria pensar no que fazer, muito menos sair carregando dez livros correndo. 
Enfim, quais vocês salvariam?


Gabi

3 de junho de 2012

Resenha: Por isso a gente acabou - Daniel Handler


Por isso a gente acabou - Daniel Handler - Companhia das Letras

Adorei. Adorei. Adorei e adorei.
Quando eu comecei a ler resenhas desse livro, senti que precisava lê-lo. Era um sentimento de necessidade absurdo. Li em dois dias e tenho vontade de ficar abraçando o livro de tanto que gostei.
Parte dessa animação toda, é que Daniel Handler, também é o autor de Desventuras em série (sob o pseudônimo de Lemony Snicket) e essa é uma das minhas séries favoritas de todos os tempos. Então, queria ver como ele escreveria sobre um tema completamente diferente.
Por isso a gente acabou, é uma carta que a Min escreve ao seu ex-namorado Ed. Contando a história do relacionamento deles e os motivos por quais eles acabaram. Ela manda a carta dentro de uma caixa com vários objetos que ela quer devolver a ele. E esses objetos são retratados no livro sob a forma de desenhos. São desenhos maravilhosos.
Eu adorei a Min. Adorei a maneira como ela narra o livro. É uma narrativa gostosa, rápida, divertida e é impossível parar de ler o livro. Não conseguia soltar, logo nas primeiras páginas já mergulhei na história e me apaixonei pelos personagens.
Min e Ed tem um romance bem improvável e fofo. Ele é capitão (ou melhor cocapitão) do time de basquete, muito popular e tem uma longa lista de relacionamentos anteriores. Min é... diferente. Ou ‘das artes’. É algo que é comentado bastante no livro. Quando Ed diz para mim o que ela é, sempre acaba falando diferente. E comparando com as ex dele, ela é bem diferente.
Como personagens secundários, temos o melhor amigo de Min, Al. Ele é um ótimo personagem e eu o adorei. Temos também Annette, amiga de Ed que, eu prefiro nem comentar.
Resumindo, é um livro que vale muito a pena ser lido. Não é mais um romance normal. É maravilhoso e a narrativa é incrível. Min, ao contar as histórias, desabafa tudo e coloca toda a raiva de Ed no papel. Estou apaixonada pelo livro.

2 de junho de 2012

Da livraria para a minha estante #35

Oi!


Tudo bem com vocês? Ando lendo vários livros bons e isso me deixa bastante animada. E comprei/recebi livro muito bons - já li alguns - e muito lindos.


Por isso a gente acabou - Daniel Handler - Companhia das Letras. Uma palavra para descrever esse livro: LINDO. Tanto o livro em si, fisicamente falando, quanto a história. Eu já li (a resenha sai amanhã, adiantei no meu calendário porque eu gostei tanto do livro que preciso postar ela logo). O livro é cheio de imagens maravilhosas, ilustrando objetos que fazem parte do livro e a folha é de um material diferente. Estou apaixonada por esse livro.

As vantagens de ser invisível - Stephen Chbosky - Rocco. Eu estava com uma vontade absurda de ler esse livro. Li vários comentários positivos e senti que eu precisava ler. O livro é muito bonito e simples. No canto direito da capa tem uma imagem de um menino de perfil em verniz, para ser 'invisível' mesmo. Essa é a minha leitura do momento e eu estou gostando bastante. 


Brincos de ouro e sentimentos pingentes - Luiz Antonio Aguiar - Editora Biruta. Recebi o livro da editora e me apaixonei pela capa! É linda. E por dentro, o livro por dentro é maravilhoso também. Muito bem trabalhado. A história fala sobre romance e eu estou muito animada para ler.

João & Maria -Ana Paula Bergamasco e Marcos Bulzara - Editora Todas as Falas. Ganhei o livro em uma promoção no blog da Cláudia. E resolvi que iria ler as primeiras páginas para ter uma ideia do que o livro iria tratar. Acabei lendo o livro inteiro. Resenha em breve!


Eu consegui ler bastante essa semana! Aproveitei que ainda estou sem provas e dei uma acelerada na minha lista. Terminei de ler Por isso a gente acabou (<3), li João & Maria e Cordeluna. 

Essa semana foi ao ar a promoção de Garotas de Vidro. Não deixem de participar, o livro vale muito a pena ser lido.

Como foi a semana de vocês?

Gabi