20 de junho de 2012

Resenha: Brincos de ouro e sentimentos pingentes - Luiz Antonio Aguiar

Brincos de ouro e sentimentos pingentes é um livro gostoso de ler. É rápido. e não é uma história muito longa. Terminei em menos de uma hora e fiquei com uma sensação boa dentro de mim.
Brincos de ouro e sentimentos pingentes - Luiz Antonio Aguiar - Editora Biruta
O livro é narrado pela personagem Manuela, e vai narrando em idades diferentes. 11, 12, 13, 14, 15 e 16 anos. E conta sobre como ela começou a gostar do Pedro Cláudio e como essa paixão foi se desenrolando durante todos os anos.
Preciso dizer que quando ela começou a ter uma paixonite por ele aos 11 anos, ele tinha 19, então era algo um pouco improvável. E eu achei um pouco forçado. 
Não sei se é apenas algo que eu penso, pelo que ando vendo as meninas de 11 anos hoje em dia já começam a gostar de meninos, mas eu achei muito cedo. Não sou velha para falar "na minha época", mas sei lá... Acho se a paixonite dela tivesse começado com uns 13 ou 14 anos eu iria gostar mais. Eu gosto de me imaginar na personagem e uma menina de 11 anos, eu considero muito nova para sentir o que ela sentiu. 
É uma história bonitinha de se ler. Manuela com dezesseis se lembrando de tudo e criticando ela mesma e o amor platônico dela. Infelizmente não gostei muito do Pedro Cláudio... Manuela tem essa visão dele como alguém maravilhoso, mas eu não gostei de várias coisas que ele foi fazendo durante o livro.
A parte que eu mais gostei no livro, foi os poemas. Normalmente nas partes de 14 e 15 anos Manuela escreve vários poemas. Eu adoro poemas e achei esses muito bonitos, com um ritmo maravilhoso e eu lia como uma melodia na minha cabeça. Amei os poemas escritos pelo autor.
O trabalho de diagramação interna do livro é maravilhoso, cheio de imagens de folhas e flores. É um livro muito bonito com uma história muito agradável de ler. A história chegou a me acalmar, eu fiquei bem tranquila quando terminei. A narrativa tem um ar poético que eu adorei.

9 comentários:

  1. Não me interessei muito pela história, pois também acho cedo a paixonite aos 11 anos. O trabalho gráfico da Editora Biruta é incrível, impecável! *-*

    Beijo grande :*

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia esse livro e realmente, 11 anos é cedo demais. Por que não viver a infância e deixar isso pra depois, não?
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Okk... se fosse uma garota de 11 anos com um menino MAIS novo não seria tão forçado, mas 19?! :O
    Concordo com vc, se ela fosse mais velha, ficaria mais verossímil....
    Mas nunca tinha ouvido falar desse livro, gostei bastante da sua resenha :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. A história parece bonitinha, mas também acho exagero paixonites aos 11 anos. Mas é porque eu sou velha e aos 11 anos ainda brincava de boneca!

    ResponderExcluir
  5. Isso me lembrou que Marina em 'Amor no Ninho' tbm tinha essa paixão que, pra mim,é meio forçada para uma garota nos seus 10, 11 anos...hj em dia, não posso nem falar mt coisa, pq as pessoas estão precoces...

    Agora sobre os livros da editora, eles tem um trabalho gráfico muito bonito. Estou achando lindo 'Cordeluna'. =)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Amo livros poéticos e que nos acalmam, digo que são livros doces para ler <3 Gostei desse, e o fato dele ter imagens de folhas e flores me fez gostar mais ainda da ideia de lê-lo *O*

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  7. Oi Gabi

    Ah eu também acho muito nova - 11 anos, estranhei até algumas coisas de Carolina se apaixona, e ela tem 13 anos hehehe então acho que não leria.
    Gostei muito da capa :)

    ResponderExcluir
  8. Não me interessei muito pela história, o fato de ela ter 11 anos contribuiu também. Não sei, o tema não chamou minha atenção e não sou muito de poemas, então não sei... Prefiro os livros que NÃO me acalmam, sabe? Que me deixam nervosa, angustiada, feliz, triste... Enfim, beijão!

    ResponderExcluir
  9. Achei legal a história, nada inovador, apenas uma leitura agradável. Fiquei com um pouco de vontade de ler pela questão da diagramação dos livros da Biruta que é ótima! Além do mais, gosto de livros com esse ar poético *-*
    Beijão, Gabi!

    ResponderExcluir