29 de julho de 2012

Estive pensando... #6

Pensamento Crítico
Eu gosto bastante de distopias. E algo que eu percebo é que não importa a história que o autor crie, a base é a mesma. Um governo autoritário e pessoas que acreditam em tudo que lhes é dito. Isso é, a falta do pensamento crítico.
Como eu penso demais sobre tudo, eu parei para pensar nisso. Principalmente depois de ler Fahrenheit451. Um livro que fala sobre livros e que fala sobre como os livros fazem os leitores exercerem o pensamento crítico.
Uma sociedade que não possui isso, acredita em qualquer coisa. Acredita que o amor é ruim, acredita que os jogos vorazes é algo positivo, acredita que os livros são ruins, acredita em tudo que lhes dizem. Porque o governo mostra apenas o que querem. Escondendo informações importantes.
Quando se tira o pensamento crítico, se tira a capacidade de analisar. De ver o que é e o que não é verdade. O que é bom e o que é ruim. Você simplesmente acredita, simplesmente aceita. Como diz no livro do Bradbury, pensar dói, deixa as pessoas tristes e faz as pessoas verem coisas que não querem. Porque quando você começa a pensar, percebe que tem muitas coisas muito erradas e percebe que você não consegue mudar isso.
As pessoas estão cada vez mais se alienando do que está acontecendo no mundo. Por diversos fatores, mas o principal eu imagino, é porque muitas não se importam. E outra, é porque ficam na zona de conforto.
O que vemos na TV hoje em dia? Quais filmes mais fazem sucesso? Quais são as personalidades que ganham milhões? Isso realmente me deixa assustada com o futuro. Para fazer sucesso hoje, basta fazer algo engraçado, basta subir em um palco quase sem roupa, basta fazer um filme com duas horas de bobagens. Diverte? Sim, isso diverte as pessoas. Mas aliena-as ao mesmo tempo.
É isso. Pensamento crítico, nós não podemos deixar isso morrer. E eu tenho certeza que bons livros, não vão deixar isso acontecer.

9 comentários:

  1. "Para fazer sucesso hoje, basta fazer algo engraçado, basta subir em um palco quase sem roupa, basta fazer um filme com duas horas de bobagens." realmente. Complicado isso, mas concordo contigo: enquanto bons livros existirem, o pensamento crítico não irá morrer! E com bons livros não me refiro somente à clássicos, claro, porque há muita literatura boa e atual, apesar de também ter muita literatura voltada ao puro divertimento (e as vezes nem isso consegue, mas gosto é gosto, hahahaha!).

    ResponderExcluir
  2. "Como diz no livro do Bradbury, pensar dói, deixa as pessoas tristes e faz as pessoas verem coisas que não querem. Porque quando você começa a pensar, percebe que tem muitas coisas muito erradas e percebe que você não consegue mudar isso." Concordo mesmo. E dentro desse assunto, eu incluo vários outros, como falta de discernimento nos jovens, futilidade, e pessoas que vivem como se não houvesse amanhã. Não há nada de errado em viver a vida intensamente, mas isso não quer dizer se jogar na bebida e mandar todo mundo fazer aquilo que prefiro nem repetir a palavra. Graças à Deus que não são todos assim. Acho que falta filtro hoje em dia, que a gente não pode ingerir tudo que nos mandam e sugerem. Nem tudo que nos mostram é bom. E quanto ao sistema governamental, a ignorância é um gravíssimo problema, e mais do que consciência dos nossos direitos, precisamos lutar por eles.
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Aceitar de forma passiva é sempre mais confortável do que ter dor de cabeça pensando sobre as coisas. É frustrante saber que tem gente assim, e mais frustrante ainda é saber que a maioria dessas pessoas não vai mudar nunca.

    ResponderExcluir
  4. ADOREI o post!
    Eu estou lendo esse livro agora, por causa do clube do livro do vlog brothers, e estou adorando esse livro. É muito bom e concordo com tudo o que vc disse!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Poxa, essas coisas me entristecem :/
    Pensar na sociedade atual, nessa alienação...
    Acredito que os livros realmente tenham esse poder, o poder de nos "impulsionar" para o pensamento crítico.
    Amei o post ;)

    Beijo grande :*

    ResponderExcluir
  6. Parece mesmo que o pensamento crítico está cada vez menos presente na sociedade. Infelizmente é por essa razões mesmo que você citou, alguns não se importam, outros nem sabem quais os problemas reais existentes e se alienam mais vendo muito TV. Essas distopias não costumam ficar muito longe de uma possível realidade nossa futura, espero estar errada por pensar assim :}
    Amei sua análise quanto a isso ;}

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. eu acho que pensamento crítico até rola bastante, mas não vontade de agir, sabe? uma das coisas que amo em distopias (que é meu gênero literário preferido) é a capacidade de reflexão que nos dá...

    ResponderExcluir
  8. Oi Gabi

    Eu penso nisso as vezes, as coisas que são impostas e não parecem que podem ser modificadas, é tão deprimente deixar por isso mesmo.
    ótimo post :)

    ResponderExcluir
  9. Cara, adorei! Adoro os textos que você escreve, quase fico sem palavras, pois você diz tudo.
    Repito sua frase: Enquanto existirem bons livros, o pensamento crítico não morrerá.
    Beijão (e parabéns!)

    ResponderExcluir