25 de agosto de 2012

Resenha: An Abundance of Katherines - John Green


An Abundance of Katherines conta a história de Colin, um menino prodígio muito inteligente que acabou de se formar no Ensino Médio. E também, acabou de levar seu décimo nono fora de uma menina chamada Katherine. É, Colin já levou dezenove foras de meninas com o mesmo nome.
Seu melhor amigo Hassan resolve que eles vão fazer uma road trip, para Colin se sentir melhor. E nessa road trip, eles vão parar em uma pequena cidade chamada Gutshot no Tennesse. Onde conhecem Lindsay e Colin resolve que vai inventar um teorema que diz quem vai levar e quem vai dar o fora no relacionamento e quando isso vai acontecer.
Preciso dizer que eu adorei o livro? Esse era um que eu não achei que iria gostar tanto, mas Colin acabou sendo um personagem incrível e eu mergulhei em tudo que estava acontecendo e acabou entrando na lista de livros favoritos.
Colin é inteligente, ele entende tudo que outras pessoas criaram, mas nunca conseguiu criar nada. E é isso que ele quer mudar com o teorema, ele quer deixar uma marca. Ele quer ser importante.
"What's the point of being alive if you don't at least try to do something remarkable?" - John Green
Gostei da ideia de pessoas que levam o fora e pessoas que dão o fora. Já estava familiarizada com isso porque assisti vários vídeos do John Green onde ele comenta, mas ler a ideia desenvolvida foi bem interessante.
É um livro com bastante humor, com bastantes piadas entre melhores amigos. Mas também fala sobre levar foras, fala sobre nunca se sentir bom o suficiente para alguém, sobre querer ser importante e sobre querer fazer algo com a sua vida. E foi aí onde eu pude me identificar tanto com Colin quanto com Lindsay.
A narrativa do John Green nesse livro é em terceira pessoa e eu achei perfeita. O ritmo, os acontecimentos, tudo se encaixa no lugar perfeito. Eu adorei as notas de rodapés (adoro, adoro, adoro notas de rodapé e nesse livro têm várias) e em síntese, a ideia principal desse livro me conquistou e a forma como ela foi desenvolvida mais ainda.
É diferente dos outros livros dele, e é isso que eu mais gosto. Todos os livros são diferentes, têm histórias diferentes, mas têm uma coisa em comum: vale a pela ler. São muito bons. E eu nunca vou conseguir escrever uma resenha que realmente mostre o quanto eu adoro os livros do John Green.

14 comentários:

  1. Preciso loucamente ler algo do John Green! Já li sua resenha de A culpa é das estrelas, agora essa, e só fico com mais vontade. Acho que vou na livraria amanhã(hoje) comprar, haha. Beijos!
    PS: Esse livro ainda não foi traduzido né?

    ResponderExcluir
  2. Adoro esse livro! Lind <3 e as notas de rodapé são a melhor parte!

    ResponderExcluir
  3. Oie!

    Enquanto lia a sinopse e fazia ligação com o nome do livro, pensei que se tratasse da história de alguém com distúrbio de personalidades, mas aí depois lendo seus comentários vi que não tinha nada a ver, rs. Estou louca de vontade de ler algo do John Green, depois de tanto que comentam sobre os livros dele e como ele é uma fofura de pessoa. Assim que possível eu lerei!

    Bjins

    www.dicasoutravessuras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Já falei que ele está aqui? Eu comecei a ler quando comprei, o primeiro capítulo, mas aí falei: "não. Eu vou terminar os que estou lendo antes". Deu-se que estou em ressaca literária, então... Mas você sabe que eu vou ler u_u <3 E, GABI! Agradeço você por ter me indicado "A culpa é das estrelas" e agora recebo agradecimentos por ter indicado, e acho que esse é aquele tipo de coisa que não acaba mais. Alguém indica para alguém que indica para alguém... Está sendo MUITO LEGAL! Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Gabi, você consegui escrever sim a resenha e muito bem! Dá pra ver o quanto você gostou desse livro e o quanto gosta do autor!
    Achei bem interessante a premissa, e pra ter entrado nos seus favoritos sinto que realmente há algo bom aí. Preciso ler algum livro do Green, todos falam super bem da escrita dele, e da forma peculiar de como ele cria as suas histórias, sempre com muito bom humor e sarcasmo, mesmo naquelas tristes.
    Vou lembrar desse livro no futuro!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. e eu aqui nem acabei de ler A culpa é das estrelas e já quero ler todos do autor! haha Realmente John tem algo diferente... Não é por nada que todos gostam tanto dele. Como não leio em inglês, vou ficar aqui torcendo para que os livros deles sejam realmente trazidos para cá (e pela Intrínseca mesmo, de preferência).

    PS: esse tipo de resenha que mata os leitores de curiosidade, não se faz! >_<

    ResponderExcluir
  7. John Green é genial, estou lendo A Culpa é das Estrelas aos poucos para saborear a leitura, pois sei que vai demorar para lançarem outro do autor aqui, então vou lendo aos poucos, hahaha
    Esse é mais um que entra para a wishlist!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Estou querendo tanto ler os livros do John Green :( Todo mundo tá falando, mas ainda não li nenhum, quero comprar os meus, mas tô sem dinheiro kk :((
    Esse entrou para minha lista também, mas apenas quando for traduzido :((
    Beijo, adorei aqui, tô seguindo!

    ResponderExcluir
  9. Oi Gabi

    Fiquei curiosa sobre as Katherines e o teorema, a ideia é muito legal, quero ler.

    ResponderExcluir
  10. O história pareceu não me chamar tanta atenção, mas como você disso, ela te surpreendeu, então por que não ler e ver se gosto?

    Beijinhos!
    blog-vidademenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. É por sua causa que eu queria tanto ler John Green,pra ver de perto o quanto os livros dele são bons, e cara, eu sei como é isso, mesmo só tendo lido A culpa é das estrelas, até agora. PRECISO ler mais livros dele, ele é o tipo de autor diferente, ousado e diferente(sim,de novo) que me cativou logo de primeira *_* Esse me parece ser mais um livro que eu amaria ler dele, como assim Colin levou dezenove foras de meninas com o MESMO nome?! haushaus'

    Beijos ><
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  12. Gosto do modo como pensa e organiza os assuntos nesta resenha. Parabéns.

    ResponderExcluir