22 de março de 2013

Resenha: My sister's keeper - Jodi Picoult


O nascimento de Anna não foi um acidente, ela foi geneticamente modificada para ser compatível com sua irmã mais velha, Kate, que foi diagnosticada com leucemia. Anna seria assim, uma doadora compatível.
Treze anos depois de várias doações, Anna procura um advogado. Ela quer processar seus pais e quer ter direitos sobre o seu próprio corpo.
My sister’s keeper é um livro profundo, cheio de assuntos polêmicos e é uma história onde não existe o certo e o errado. Não existe maneira alguma de chegar a uma conclusão, de dizer que o certo é a Anna ganhar o caso ou seus pais.
A narrativa da Jodi Picoult é maravilhosa. Foi meu primeiro contato com a forma como ela escreve e eu não poderia ter gostado mais. Os personagens são extremamente bem construídos e todos tem um peso na história. Todos têm seus dois lados. Todos têm defeitos e qualidades.
O livro é narrado por praticamente todos os personagens. E isso proporciona o leitor entender a mente de cada um. Porque é uma história, que caso fosse narrada apenas pela Anna, ou apenas pela sua mãe, não seria justo nem completo. É preciso entender todas as partes da equação. Para tentar entender o todo.
A autora vai liberando informações durante a história, que vão fazendo com que o leitor repense tudo que já tinha sido dito antes. E ela termina um livro com um final que deixa o coração apertado e um grande vazio.
Não é uma leitura leve, mas eu não conseguia soltar o livro. Conforme você vai lendo e vai se envolvendo com a história, você se vê parte dela. Quer saber o que o júri vai dizer, quer saber que decisão vai ser tomada e como tudo vai terminar.
Apesar de ter sofrido com o final, acredito que a autora não tinha muitos outros caminhos para seguir. Qualquer rumo que ela tomasse, teria um final pesado.
Eu recomendo o livro, é uma daquelas leituras que levantam inúmeras questões e deixa o leitor pensando por muito tempo. E é esse o tipo de livro que eu gosto, daqueles que mesmo eu fechando e guardando de volta na estante, a história não me deixa em paz.

9 comentários:

  1. Não li o livro, mas chorei muito com o filme. É uma história muito profunda e de reflexão, porque no lugar dos pais da Anna eu faria a mesma coisa... tentaria ao máximo salvar minha filha.

    ótima dica de leitura
    Abraços
    Gabi Lopes

    ResponderExcluir
  2. Também não li o livro, mas pela sinopse e resenha dá para perceber que é polêmico e bastante denso. Quero lê-lo faz tempo, pois é bem o tipo de tema que me agrada. Também não vi o filme, bobeei porque queria muito ter visto e acabei não assistindo. Gosto de histórias que deixam a gente pensando, mesmo depois de já ter fechado o livro há horas. Histórias que deixam a gente com opiniões divididas. Ótima resenha!

    Bj, Livro Lab

    ResponderExcluir
  3. Vi o filme algum tempo atrás e não sabia que existia um livro com a mesma história. Engraçado que enquanto eu lia a resenha tentei me lembrar do final, mas não consegui, tinha apenas aquela sensação de aperto no peito. Lembro de ter chorado bastante no filme. Não sei se estou para esse tipo de leitura agora, mas quem sabe nas férias?

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu amo esse livro, a Jodi conseguiu narras a história maravilhosamente bem. Quero muito ler outros livros da autora!

    Beijo:*
    Naty.

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabi

    Eu tenho muita vontade de ler esse livro pois é tão complicado esse enredo de ter um filho para salvar o outro. Deve ser uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  6. Eu já assisti a esse filme mas não sabia que tinha o livro. Se o filme já é de arrepiar, nem imagino quais as sensações que o livro possa proporcionar. Deve ser magnífico em um nível extremo.
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é simplesmente incrível, um dos meus favoritos. Eu adoro drama, é algo meu, mas a autora narra de uma forma incrível. Adorei a forma como ela dividiu o livro entre os personagens, cada um narrando em um momento. Tudo perfeito. Não se torce pra alguém especificamente. Se torce por um final feliz.
    E por falar em final: o que foi aquele final???
    :(

    ResponderExcluir
  8. ai eu sempre choro no filme , nem sabia que tinha o livro u.u acho que desabarias se lesse o livro

    ResponderExcluir
  9. Não vejo a hora de ler esse livro. Amei demais o filme, muito tocante! <3
    Ótima resenha!

    Beijos!
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir