24 de setembro de 2013

Resenha: Eleanor & Park - Rainbow Rowell

Agosto de 1986. Eleanor é a menina nova na escola, com seus cabelos ruivos encaracolados, suas roupas excêntricas e seu peso um pouco acima do ‘normal’ ela chama atenção logo no seu primeiro dia ao entrar no ônibus. Ela senta-se no único lugar disponível, ao lado de um menino quieto, com descendência asiática que gosta que quadrinhos chamado Park.
Lentamente, eles passam do silêncio para pequenas conversas. Eles escutam músicas juntos, leem quadrinhos e começam a aprender um sobre a vida do outro, começam uma amizade que irá se desenvolver ao decorrer da história.
“Eleanor & Park” é um livro que por mais previsível que seja; ainda é diferente. É diferente porque foge dos padrões de livros jovem adulto que se passam no Ensino Médio. Eleanor não é a típica personagem que já se conhece e Park também foge do estereótipo.
Eleanor e Park estão bem longe de serem personagens perfeitos. Contudo, esse é um dos fatores que fez com que eu gostasse tanto do livro, os personagens são reais. As situações são reais. Não existe soluções milagrosas e acontecimentos inesperados. Assim como não existe isso na vida real.
A imperfeição dos personagens vem da maneira como ambos foram caracterizados e desenvolvidos pela autora. A personalidade de cada um é diferente e sim, talvez a insegurança de Eleanor tenha me incomodado em alguns momentos, mas faz parte da personalidade dela. As histórias familiares de ambos personagens também são bem construídas e incorporadas na história.
A narrativa da autora é em terceira pessoa, intercalando os pontos de vista de Eleanor e Park. O livro é composto por muitos diálogos, eu gosto de diálogos bem escritos, divertidos e Rainbow Rowell soube usá-los na medida certa.
O final, por mais vago que seja, se encaixou com a história. Funcionou com a ideia que a autora quis passar e por mais eu fique desejando saber o que acontece, foi o final que a história precisava.
É um jovem adulto diferente, encantador e cheio de momentos adoráveis, tristes e reais. 

5 comentários:

  1. A história é diferente e não é. Pra ser sincera cansei desses YA's onde tudo é meio irreal e a vida é pintada como no cinema, sempre com final felizes e resoluções impossíveis, cansei mesmo u.u, fiquei curiosa pelo livro, porém não leio em inglês (ainda!), então fico na torcida por uma publicação nacional.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei! A realidade num livro sempre me conquista. Vou procurar ler.
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro e depois de ler sua resenha tenho a sensação de que vou gostar MUITO dele. Adoro estórias que parecem simples, mas tem muitas coisas especiais nas entrelinhas. Espero poder ler em breve. Beijos, http://rehabliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gabi, não conhecia o livro até agora! Graças à sua resenha, fiquei bem curiosa e com a sensação de que vou gostar bastante dele!
    Beijão
    http://thais-monte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros previsíveis que mesmo assim conseguem nos conquistar. Já tinha lido outras resenhas sobre esse livro e estou torcendo para que seja lançado por aqui! Adorei a resenha (:

    Beijo:*
    Naty.

    ResponderExcluir