13 de setembro de 2013

Top 10: Capas Favoritas (2013)


Levando como inspiração o post da Ni sobre capas favoritas, resolvi mostrar as minhas. 

Percebi que gosto de capas simples, sem muitos detalhes, sem muitas cores e sem pessoas aparecendo diretamente. As capas não estão em ordem de preferência: 

Eu gosto das cores, gosto da textura da capa e da imagem. Combina com o livro e reflete a essência da história. Assim como o livro, é simples e tem um significado oculto. (resenha)
Já comentei sobre essa capa em alguns vídeos, mas não custa reforçar o comentário de que é maravilhosa. Eu adoro a imagem e as cores. Não precisava os comentários em branco nos cantos, mas não é algo que me incomode muito. (resenha)

Dos livros do John Green, esse é o que tem a minha capa favorita. Coincidentemente é o meu livro favorito, mas enfim. Eu gosto da simplicidade da capa, das cores e de como tudo fica junto. (resenha)
Uma das únicas exceções onde tem uma pessoa na capa e eu gosto da capa. A menina da foto é muito parecida com a Tessa e os elementos presentes na capa combinam com a história do livro. A imagem é um pouco brilhante e é maravilhosa. (resenha)
"Requiem" infelizmente me decepcionou como último volume da trilogia, mas a capa é muito bonita. Eu gosto que não tem elementos em excesso, sendo a menina de costas o foco principal e adoro as cores em tons de azul. (resenha
A beleza dessa capa está nos detalhes. Dentro do olho, tem um pássaro desenhado e os cílios são caules de árvores com flores e folhas. Gosto bastante da mistura de azul com rosa e branco. (resenha)
A textura dessa capa é muito legal, gosto que acaba parecendo várias folhas reunidas pelo barbante e como a capa dá a impressão de que é um livro antigo.  (resenha)
A primeira vista eu não me apaixonei pela capa, mas com o tempo se tornou uma das minhas favoritas. É simples, mas a imagem se relaciona com a história do livro e isso a torna bonita. (resenha)
Eu adoro a imagem dessa capa. Gosto do título em auto-relevo, da ideia de retratar o oceano profundo assim como a imaginação de uma criança. Combina com a história do livro e é muito bonita. (resenha)
Quando a capa foi divulgada, muita gente não gostou. Eu, no entanto, gostei muito. É uma capa simples, mas as cores acabam chamando bastante atenção, tornando desnecessária a presença de outros elementos. É bem do estilo de capas que eu gosto.

Quais são as capas favoritas de vocês?

9 comentários:

  1. Oi Gabi!!
    Adorei o post..eu amoo a capa de A culpa é das estrelas..tão simples e tão linda..e adorei a capa de Unravel me..realmente é muito linda.

    ResponderExcluir
  2. Oie!

    O quarto livro que você mostrou tem a capa mais lindaaa. Adoreii esta menina com o livro na mão.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Sem dúvidas a capa de A Culpa é das Estrelas é linda,simples porém linda.
    Adorei o post,sucesso.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Essa capa do "Cadê você, Bernadette?" é SENSACIONAL! (não tenho o livro, mas só pela capa tenho vontade de ler)

    "A Culpa é das Estrelas" e "O Oceano no Fim do Caminho" também.

    ResponderExcluir
  5. Unravel Me tem uma capa perfeitamente, perfeita, eu amei!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. A de Unravel Me é muito linda! As brasileiras deveriam seguir as americanas.

    @mmundodetinta
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br
    https://www.facebook.com/maravilhosomundodetinta?fref=ts

    ResponderExcluir
  7. Adorei todas as capas, inclusive as que não conhecia! Exceto a de Morte súbita, que eu não consigo deixar de achar estranha e incômoda.
    Beijo,
    Nic

    ResponderExcluir
  8. As capas novas dos livros da Tahereh Mafi e essa de "Where'd you go..." são maravilhosas mesmo <3 adorei todas as suas escolhas! Já disse que amo a sua estante?

    ResponderExcluir
  9. Moça, deixa eu primeiro confessar que estou apaixonado pelo seu Blog.
    Agora, das que você postou, acho que minha predileta é a de Clockwork Princess e O Palácio de Inverno. A primeira me chamou a atenção porque achei ela super feminista *-* Apesar de as roupas serem de um período histórico em que as mulheres não tinham muitos direitos pessoais, sociais e políticos (não como hoje), gosto da pose desafiadora dela, do olhar petulante e, ao mesmo tempo, sensual, além do fato de que, com este livro aberto e reluzente, ela me dá a ideia de uma bruxa aristocrata. *--*
    O segundo me chamou a atenção porque amo coisas nesse estilo. Meus períodos favorito na história são os séculos XIX e XX, e, geograficamente falando, na Inglaterra. A pompa e requinte desses tempos me encantam demais (só não os modos sociais machistas horrorosos), e a capa me parece explanar algo do tipo. Compraria esse pela capa, sem dúvida alguma.
    Adorei o post. *-* Beijos!

    O Contofadista:
    http://ocontofadista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir