13 de janeiro de 2014

Um pouco sobre o meu intercâmbio

O post de hoje é um pouquinho diferente, eu vou me afastar do assunto dos livros para falar sobre algo que algumas pessoas pediram nessas últimas semanas: o meu intercâmbio.
Eu morei na Inglaterra por sete meses entre setembro de 2012 e março de 2013, foram os melhores sete meses da minha vida e eu vou contemplar todas as perguntas que me enviaram sobre esse período nesse post e com isso, contar um pouquinho sobre a minha experiência.

Como é a cidade?
A cidade em que eu estava morando se chama Selsey, fica no sul da Inglaterra e eu estava estudando em Chichester, uma cidade a quarenta minutos de Selsey. Chichester é uma cidade muito fofa, fácil de transitar e tem basicamente tudo que a pessoa precisa nas quatro ruas principais. Por ser uma cidade pequena, é fácil ir de um lugar para o outro.
Selsey fica na praia, é uma praia com pedras no lugar da areia e o mar é congelante, contudo é relaxante, não tem movimento nenhum e era muito bom sentar nos bancos da praia e ficar lendo um pouco.
O que eu mais gostei da Inglaterra foi a facilidade de viajar. Eu conheci muitas cidades que ficavam perto da minha, fui para Londres diversas vezes e tive momentos inesquecíveis.
Como você se adaptou?
Digamos que foi muito mais fácil à adaptação quando eu cheguei lá do que quando eu voltei para o Brasil. O início para mim foi tão incrível e tudo era uma novidade que eu acabei me sentindo em casa rapidamente.
Qual foi a coisa mais difícil?
Sem dúvidas é a saudade. Não é qualquer saudade, é a saudade que quem faz intercâmbio sente. E não é só a saudade quando a pessoa está lá, a volta também é bem difícil e um dos motivos pelos quais eu demorei tanto para escrever esse post é a saudade de tudo isso.
Tem amigos aí?
Sim. Eu tinha amigos incríveis lá e eu sinto muita falta de poder ver eles todos os dias. Agora está todo mundo espalhado pelo mundo e isso é algo que realmente dói.
Melhor parte?
Conhecer pessoas incríveis e o aprendizado tanto de inglês quanto sobre mim e sobre como eu consigo me virar sozinha e como eu me surpreendi comigo mesma.
Como é a família?
A minha Host Family era muito legal. Eles me acolheram super bem e eu não podia ter sido escolhida por uma Host Family melhor. Eles eram bem caseiros e às vezes isso acabava tornando tudo um pouco monótono, não tem como tudo ser perfeito, mas eu adorei ter passado esses meses com eles.
Impressão sobre os professores e a escola
Eu senti um nível diferente de respeito entre aluno e professor. As aulas são muito bem estruturadas e dinâmicas, não existe bagunça e dispersões por parte dos alunos, o que é incrível. A escola era enorme e oferecia diversas atividades extras e esportes.
Sobre as Gírias
Isso é uma das melhores coisas de fazer o intercâmbio, aprender as gírias. Nenhum livro de inglês vai ensinar, é algo que só se aprende convivendo com a língua todos os dias e realmente entrando na cultura deles.

Sobre Alimentação
Isso depende muito da Host Family, na casa onde eu estava eles cozinhavam muito bem e foram poucos os dias que eu realmente não gostei de nenhuma parte da janta. Eles não tem o costume de almoçar como nós temos aqui no Brasil, é apenas um lanche e a janta é mais reforçada. (eles comem bastante batata)
Sobre o Clima
O clima inglês é realmente ruim. Chove bastante, faz muito frio e é preciso se acostumar. Não adianta reclamar que o sol aparece raramente e que chove a maioria o tempo, é assim e não tem o que fazer. Não posso falar que é fácil porque é um clima bem chato de lidar mesmo.
Sobre a Cultura
É muito diferente da cultura brasileira. Eles são mais fechados e demoram mais tempo para se abrir com desconhecidos, contudo, eles não são pessoas frias. Eles só são diferentes e tem uma cultura e um jeito de ser diferente. Eu via muito respeito entre as pessoas e todos que eu conheci foram muito legais comigo.
Uma dica para quem quer fazer intercâmbio
Vá com a mente aberta e esteja disposto a se adaptar. A sua Host Family não vai se adaptar por você, você precisa se ajustar na vida deles. Isso vale para a escola, cidade e para o país mesmo. Você é o ‘novato’ e você precisa entender as regras e os costumes e respeitar isso. Tente aproveitar o máximo possível, não tenha vergonha de falar com as pessoas, faça amigos e simplesmente entre com tudo na cultura nova e na sua nova vida.
Do que você sente mais falta a respeito da comida?
Arroz (eles tem arroz, mas não é a mesma coisa), pão de queijo e pastel.
Qual era o seu nível de inglês antes?
Eu estudava em uma turma de inglês avançado, mas eu conheci várias pessoas que tinham o nível de inglês inferior. O importante é você querer aprender. 
--
Eu diria que a pior parte de um intercâmbio é a volta :)
Se alguém tiver mais alguma pergunta, pode me mandar lá pelo twitter (não estou mais conseguindo responder os comentários aqui do blog) ou por e-mail (livrosevagalumescontato@hotmail.com) que eu vou responder todo mundo!
Espero que tenham gostado! Alguém já fez intercâmbio ou pretende fazer?
Gabi

12 comentários:

  1. Hey, muito legal *-* , e meu Deus, a casa da Jane Austen? <3 muito amor haha
    Ainda quero fazer um intercâmbio desses, tive experiência de uma viagem internacional, mas fiz tudo errado, me apavorei uheu, enfim, era um contexto diferente. Mas é bom demais e tu se sente bem mais independente né? ;*

    www.moniitorando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabi,
    Que coisa liiiinda seu intercâmbio!
    Adorei o post, de verdade! Sempre tive vontade de fazer, mas o custo foi algo que me prendeu. Hoje, com a faculdade na metade, vou ter que pelo menos terminar e ir juntando o dinheiro até lá pra pensar em fazer.
    Mas, sonho é sonho, não dá pra desistir! hahaha
    Imagino como tudo deve ser incrível e a adaptação da volta, complicada. Que bom que você deu a sorte de ter uma ótima host family, você contando sua história me fez lembrar da Fani (da Paula Pimenta) quando fez o intercâmbio, hahahaha.

    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gabi linda! Sou VIP e tenho informações privilegiadas via E-mail (muahahahaha!), mas adorei o post anyway. Adoro quando você fala do seu intercâmbio, super lembro dos nossos E-mails trocado nessa época. Parece que foi ontem e na realidade já faz mais de um ano que você foi pra lá! :O </3

    ResponderExcluir
  4. Gente *O* Muito bom esse post e finalmente pude entender mais sobre sua ida ao exterior! Na época, só sabia que estava fazendo intercâmbio para algum país estrangeiro.rs Bom saber mais sobre intercâmbio, tive/tenho vontade de fazer um, mas ainda tenho muitas dúvidas sobre isso. Mas foi ótimo ler sobre o seu e ler algumas dicas suas também, que achei super válidas.
    CASA DA JANE AUSTEN? *pirei*

    Beijos ><

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Descobri seu blog nos comentários do Garota It e gostei muito dele. =)
    Adorei você ter falado sobre Harry Potter e a Pedra Filosofal... muitas pessoas não falam mais de livros "antigos" que fizeram sucesso, mas a saga de Harry sempre vale a pena ser relembrada e sugerida pra quem tá iniciando a paixão pela leitura! ♥
    Até a próxima!
    Beijos,
    Priscilla (http://infinitasvidas.wordpress.com)

    ResponderExcluir
  6. Oie!!
    Uauu, adorei saber tudo e conhecer. Lindas as fotos.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  7. Haha, eu ainda irei morar um tempo em Londres. Pelo menos, espero. Mas preciso treinar um pouco mais o inglês. <3

    ResponderExcluir
  8. Oi Gabi. Muito legal o post. Imagino que fazer intercâmbio deve ser mesmo uma experiência incrível.
    Beijos
    All My Life in Books

    ResponderExcluir
  9. Querida Gabi, a palavra de ordem é: ORGULHO!! Que orgulho eu sinto de ti por teres te tornado uma jovem escritora tão maravilhosa. Quanto talento na escrita desse Blog e por teres te virado tão bem sozinha, como mesma disseste. Como tua ex-professora, fiquei muito feliz em ler sobre essa tua experiencia no exterior e longe da tua familia. Se hoje eu tivesse a tua idade, tambem iria amar fazer um intercambio. um grande bjo

    ResponderExcluir
  10. Hey there,
    Fiz intercambio de três meses em Londres ano passado e preciso concordar com vc: a pior parte é voltar para casa e a saudade dos amigos com quem se compartilha esta experiência incrível. Vc foi na casa da Jane Austen? #InvejaModeOn ehehhe. Tive a oportunidade de ir ao museu em Bath, mas não achei aquilo tudo.
    Alimentação é meio complicado mesmo, mas acredita que sinto falta do clima chuvoso e cinzento?
    Abraço,
    Alê
    www.alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Que incrível!
    Eu sempre quis fazer intercâmbio... Só tenho medo de minha Host Family não ser legal :( Tem gente que pega ótimas, mas meu pai por exemplo teve uma Host Family bem chatinha kkkkk
    Mas acho que mesmo assim o intercâmbio vale apena. Muita experiência e diversão!
    Sucesso pra você e pro blog!

    www.expressodenarnia.com

    ResponderExcluir
  12. Gabi, quando você foi para lá ainda estava na escola?

    ResponderExcluir