28 de maio de 2014

Resenha: Faça Boa Arte - Neil Gaiman

“Faça Boa Arte” é um discurso que o Neil Gaiman fez na formatura da University of the Arts na Filadélfia em 2012. Eu já tinha assistido o discurso  um tempo atrás, mas o trabalho gráfico de Chip Kidd faz ter o livro valer muito a pena.

É uma leitura muito rápida, mas muito válida. Os conselhos que Neil Gaiman dá, são aqueles que podem ser até considerados um pouco clichês, mas que é sempre bom ouvir. Você precisa de um lembrete em alguns momentos da vida e eu acredito que esse livro é perfeito para isso. As vezes a vida fica corrida e a gente começa a se focar muito nas partes negativas e algumas mensagens do livro realmente tem seu impacto nesses momentos. 
Neil Gaiman começa o discurso falando um pouco sobre como ele começou a trabalhar com escrita e algumas coisas que ele aprendeu durante a sua vida que ele pensa ser útil para os recém-formados. Um desses conselhos é para pegar qualquer situação ruim da sua vida e transformar em uma arte. Foi o meu conselho favorito e eu li no momento certo. No meu caso, a arte seria a escrita. Utilizar sentimentos ruins para escrever poemas e textos pelo menos não me deixa com aquela sensação de perda de tempo. 


"As vezes a vida é dura. As coisas dão errado, na vida e no amor e nos negócios e nas amizades e na saúde e em todos os outros aspectos que podem dar errado. Quando as coisas ficarem complicadas, é assim que você deve agir: Faça Boa Arte. É Sério."
Neil Gaiman fala também que é bom cometer erros e recomenda que todos devem cometer erros fantásticos. Outro conselho que é sempre bom ouvir e é um conselho que eu, pessoalmente, acho difícil levar da teoria e colocar na prática. No fundo, cometer erros quer dizer que você tentou. Você saiu da zona de conforto.

Esses foram dois exemplos, mas o discurso inteiro é extremamente inspirador. Recomendo muito a leitura do livro.
A parte gráfica é maravilhosa e é um daqueles livros que eu coloco na categoria de livros de cabeceira. Aqueles livros que contém conselhos e informações que vale a pena ler várias e várias vezes. Porque, no fundo, a gente esquece e é sempre bom relembrar. 

Editora: Intrínseca
Páginas: 80

2 comentários:

  1. Oi Gabi,
    Acho que estou precisando de um leitura dessas, daquelas que te dá uma motivaçãozinha, por menor que seja.
    Acho que muitas vezes a gente esquece das coisas pequenas e esses detalhes, o conselho subentendido numa frase ou até mesmo um livro como este, podem ser muito uteis.
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. "Você precisa de um lembrete em alguns momentos da vida e eu acredito que esse livro é perfeito para isso." Definitivamente quero este livro.

    ResponderExcluir