11 de maio de 2014

Resenha: Vinte Garotos no Verão - Sarah Ockler

A paixão de Anna pelo irmão de sua melhor amiga deixa de ser platônica para ser real no seu aniversário de quinze anos. Matt finalmente toma a iniciativa e eles começam um relacionamento maravilhoso que dura algumas semanas.
As perfeitas semanas são interrompidas por um pela morte repentina e trágica de Matt. Deixando a sua família completamente perdida e Anna com o coração partido.
Anna é então convidada para passar alguns dias na praia com a família de Frankie. Frankie tem um plano, que se elas conhecerem um menino por dias – durante os vinte dias – provavelmente Anna irá encontrar seu romance de verão. Ela só não sabe ainda que o coração de Anna ainda bate por Matt.
Eu li muitos comentários positivos sobre esse livro, o que fez com que eu não levasse muito em consideração a sinopse – que provavelmente não faria com que eu escolhesse ler o livro – e desse uma chance. O livro acabou sendo bom, um jovem adulto contemporâneo de leitura fácil, envolvente e simples.
A história foi legal, contudo, eu senti que faltou algo que fizesse com que eu realmente tivesse uma boa experiência com a leitura. Acho que por tratar da morte súbita de alguém muito querido pelas personagens, a autora podia ter trabalhado muito melhor como isso as afetou. Podia ter existido um desenvolvimento diferente com os personagens e com essas férias de verão com uma família completamente desestabilizada. Várias cenas que eu lia, eu sentia que precisava de algo a mais. Tudo aconteceu muito rápido.
A narrativa em primeira pessoa permite que o leitor entenda a visão da Anna, mas nesse livro eu preferiria uma visão mais abrangente. Frankie é uma personagem extremamente complexa, cheia de camadas que acaba ficando de lado porque não temos acesso aos pensamentos dela. Anna se contradiz em muitos momentos e suas ações não condizem com quem ela diz ser, isso me incomodou um pouco porque tornou difícil ver a história pelos olhos dela.

Foi um livro envolvente, e eu realizei a leitura em poucos dias. Acredito que as altas expectativas que eu tinha trouxeram como consequência um pouco da decepção. Acho que pode agradar muita gente, mas infelizmente não funcionou comigo.

4 comentários:

  1. Oi Gabi,
    Vi alguns comentários sobre esse livro e apesar de achar a premissa interessante, não acredito que realmente funcione para mim.
    Geralmente, livros onde acontecem esse tipo de coisa tem que ter uma pinta mais dramática, na minha opinião.
    Se houver oportunidade, talvez dê uma chance... rs
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já estou com o livro aqui na estante.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que pena que não funcionou com você, é sempre ruim quando um livro não nos agrada inteiramente :X não tinha lido nada sobre ele até agora, não me interesse muito a estória, mas lerei assim que puder.

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Gostei da sua resenha, já vi outras sobre o livro e elas também não foram positivas. Acho que realmente alguma coisa deve ter faltado nessa história.
    A premissa não chamou muito a minha atenção, e os comentários negativos também não me deram vontade de ler a obra. :/
    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir